Notícias Adventistas

Serviço de apoio psicológico já atendeu gratuitamente mais de 16 mil pessoas

Projeto Ouvido Amigo reúne psicólogos voluntários para oferecer ajuda emocional em meio à pandemia do novo coronavírus.

Por Mauren Fernandes 14 de abril de 2020

Iniciativa leva alívio para pessoas que sofrem devido à situação causada pela Covid-19 (Foto: Reprodução)

Com o objetivo de dar atenção aos anseios de quem é afetado direta ou indiretamente pela pandemia do novo coronavírus, foi criado o projeto Ouvido Amigo, que reúne profissionais da psicologia em oito países da América do Sul. A iniciativa, liderada pelo Ministério da Mulher da Igreja Adventista, não tem custo algum para quem precisa e já atendeu mais de 16 mil pessoas desde o início da quarentena.

Para dar conta da demanda, cerca de 673 profissionais adventistas da área da psicologia se disponibilizaram para realizar os atendimentos. Só no Brasil, são 430 voluntários. Os atendimentos serão realizados exclusivamente de forma digital, respeitando as orientações de isolamento social.

Leia também: 

Por se tratar de uma iniciativa de proporções internacionais, cada região faz o atendimento de uma forma específica. Para quem mora no Sul do Brasil, por exemplo, um site foi criado para centralizar os pedidos de atendimento. Já para os nordestinos, um número de WhatsApp é o canal para o agendamento. Ao fim de texto, confira detalhes de como ter acesso ao serviço em sua região.

Parceiros

Outras plataformas de atendimento online, que já funcionavam antes da pandemia, também aderiram ao projeto. Uma delas é a Psyson, que reúne profissionais cristãos de várias partes do mundo. A psicóloga Lislei Campitelli faz parte desse time e contou que as pessoas estão mais assustadas e ansiosas que o normal.

“Elas não estão sabendo lidar com o fato de não saber quando a vida vai voltar “ao normal” e, principalmente, com a adaptação à nova rotina. Pra mim está sendo uma bênção poder ajudar tanta gente a entender e regular suas emoções”, comemora. Ao fim do texto, confira informações sobre esse modelo de atendimento.

Encontros são realizados à distância via internet (Foto: Shutterstock)

Busque ajuda

Saiba os principais números do projeto em cada região e como ter acesso ao serviço de apoio:

Região Centro-Oeste
Como ter acesso: adv.st/ouvidoamigo-centrooeste
Profissionais cadastrados: 60
Pessoas que serão atendidas por semana: 600

Região do Estado de São Paulo
Como ter acesso: adv.st/ouvidoamigo
Profissionais cadastrados: 90
Pessoas que serão atendidas por semana: 200-270

Região Leste
Como ter acesso:
através das coordenadoras distritais do Ministério da Mulher, que farão a triagem e encaminharão diretamente para os profissionais da região.
Profissionais cadastrados: 44
Pessoas que serão atendidas por semana: 132

Região Noroeste
Como ter acesso: abre.ai/projetoouvidoamigo
Profissionais cadastrados: 78
Pessoas que serão atendidas por semana: 365

Região Norte
Como ter acesso: ouvidoamigo.unb.org.br
Profissionais cadastrados:  22
Pessoas que serão atendidas por semana: 280

Região Nordeste
Como ter acesso:
através da Elen – Assistente Virtual do PG My Style, através do link adv.st/elen
Profissionais cadastrados: 32
Pessoas que serão atendidas por semana: 256

Região Sudeste
Como ter acesso: fabricaderelacionamentos.com.br
Profissionais cadastrados: 78
Pessoas que serão atendidas por semana: todos que procurarem ajuda.

Região Sul
Como ter acesso: ouvidoamigo.com.br
Profissionais cadastrados: 35
Pessoas que serão atendidas por semana: 80-120

________________________________________

Atendimento pela plataforma Psyson

1. Clique aqui.
2. Entre com seu e-mail pessoal.
3. Coloque a senha: med2020
4. Complete os dados obrigatórios.
5. Una-se a sessão com o profissional que estiver de plantão. As sessões são de meia-hora.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox