Notícias Adventistas

Projetos Sociais

Salvador receberá missionários em 2022

A capital baiana receberá jovens de vários lugares, que participarão do projeto Um Ano em Missão (OYim)


  • Share:
O objetivo é construir uma nova igreja em região de classe alta da cidade (Foto: Gustavo Leighton)

Em 2022, 17 missionários de oito países sul-americanos terão uma nova casa. Voluntários que participarão do projeto Um Ano em Missão vão até Salvador, na Bahia. E é lá que pretendem construir um novo templo adventista. Anualmente, uma cidade é escolhida para receber o grupo, que participa de campanhas de evangelismo urbano. A capital baiana receberá os esforços de toda a Igreja na América do Sul para ampliar o número de adventistas.

Esses voluntários são jovens profissionais que escolhem dedicar 12 meses de sua vida para o trabalho missionário exclusivo. Com isso, usam seus conhecimentos para ajudar a comunidade local. O Ministério Jovem da Igreja Adventista na América do Sul seleciona um grupo que vai para uma cidade específica, no entanto, as sedes regionais da denominação também mantêm o projeto anualmente.

Projeto na Bahia 

Em Salvador, os voluntários abrirão um novo templo e apoiarão um centro de influência em um bairro de classe média alta, conforme explica Carlos Campitelli, diretor do Ministério Jovem da Igreja Adventista para oito países sul-americanos. O projeto começou a partir da sede mundial adventista na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, devido a sua característica cosmopolita e pouco sensível à religião.

Agora se espalhou para outros países e já acontece na América do Sul desde 2014. "As oportunidades que o jovem tem de desenvolver seus talentos através suas profissões no campo missionário são de alta valia, não somente para o jovem, mas para a igreja que os recebe. Essa integração faz com que todos tenham uma visão missionária nessa integralidade", afirma Campitelli.

Gemima Belém é paraguaia e está em seu segundo ano como missionária. Na primeira oportunidade, serviu em seu próprio país. Agora, deixará sua família e amigos para passar um ano no nordeste brasileiro. O motivo é simples: "Já tive uma experiência e gostaria de continuar participando. Tomo como um chamado a continuar servindo a Deus", sublinha.

Seu objetivo é passar esse ano "vivendo uma vida consagrada ao Senhor, buscando todos os dias fazer Sua vontade." A jovem de 21 anos dedicará seu tempo e talento para falar sobre a Bíblia com seus colegas.

Veja mais detalhes no vídeo abaixo: