Notícias Adventistas

Refugiados venezuelanos receberão mais de meio milhão de dólares em ajuda

Recursos ajudarão em vários aspectos aqueles que estão vivendo em abrigos. Alimentos e kits de higiene não são suficientes hoje para atender a demanda

20 de abril de 2018

Da Redação

Venezuelanos que estiverem em abrigos serão beneficiados por ação da agência (Foto: ADRA)

Um alento está garantido aos refugiados da Venezuela que chegam, há vários meses, a cidades de Boa Vista e Pacaraima, no estado de Roraima. Uma parceria entre a agência humanitária adventista, a ADRA, e a OFDA, organização responsável pelo atendimento a desastres ligada à Agência dos Estados Unidos para Desenvolvimento Internacional (USAID), oferecerá 600 mil dólares de ajuda imediata na região. Cálculos do governo dão conta da existência de mais de 50 mil venezuelanos no país.

Segundo informou a ADRA, o projeto deverá atender até 1.500 famílias, ou cerca de 4.500 pessoas durante um período de seis meses. A ação vai focar em complementar o trabalho que o governo local realiza e basicamente vai prover materiais para questões básicas.

Nos próximos dias, após verificações técnicas, iniciará a distribuição de kits de higiene pessoal, colchões, roupa de cama, chinelos e kits de cozinha para que esses venezuelanos possam complementar a alimentação que já está sendo provida pelo governo. Durante o mês de estiagem, serão providos caminhões pipa para levar água aos refugiados e à população local. Também será disponibilizada, para o governo, uma ambulância alugada pelo projeto por dois meses. Esse veículo será um apoio à estrutura do sistema de saúde local, que sofreu bastante com o aumento de demanda provocado pela chegada dos estrangeiros. Estão previstas, ainda, durante seis meses, atividades de promoção de higiene, com o intuito de explicar alguns cuidados que devem ser tomados nos abrigos.

“Nesse momento tão delicado para os nossos irmãos venezuelanos, a ADRA e a OFDA buscam trazer, com suprimentos e medidas práticas, alívio para essas pessoas que já enfrentam tantas dificuldades. Nesse momento, eles precisam de apoio para recomeçar e nós ajudaremos com tudo o que estiver ao nosso alcance” afirmou Fábio Salles, diretor da ADRA Brasil. O projeto conta com um orçamento de 500 mil dólares doados pela organização norte-americana e outros 100 mil dólares destinados pela ADRA.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox