Notícias Adventistas

Quebrando o Silêncio movimenta adventistas das regiões leste e norte de SP

Passeatas, palestras ao ar livre, feiras de saúde e outras ações impactaram comunidades em mais de 50 pontos.

Por Vanessa Moraes 29 de agosto de 2019

Feira de saúde destacou a importância dos oito remédios naturais em forma de encenação, principalmente no que diz respeito à saúde mental das crianças (Foto: Elvis Natali)

No último sábado, 24, adventistas de oito países da América do Sul foram às ruas para participar e promover ações da campanha Quebrando o Silêncio. Nas regiões leste e norte de São Paulo, capital, 264 igrejas e grupos, além de sete unidades a Educação Adventista, participaram do projeto. As escolas distribuíram revistas aos alunos e, na semana que antecedeu o dia especial de movimentação, realizaram capelas alusivas ao tema. Distritos se uniram para realizar as ações em parques, praças, shoppings, estações de trem, nas ruas do bairro e também no semáforo. Foram mais de 50 pontos de ações, incluindo sete parques, onde houve passeatas, feiras de saúde, distribuição de panfletos e livros missionários, palestras e cultos ao ar livre, encenações, fanfarras, apresentações musicais públicas, entre outras atividades.

Mais de mil pessoas se envolveram em passeata pelo Quebrando o Silêncio na Freguesia do Ó (Foto: Elvis Natali)

Região norte paulista

Na zona norte de São Paulo, por exemplo, mais de mil pessoas participaram da passeata no bairro da Freguesia do Ó. Além de entregar folhetos e livros missionários, os membros realizaram uma feira de saúde com serviços gratuitos à comunidade. Bonecos representando os oito remédios naturais, que são princípios de saúde difundidos pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, foram uma das atrações da feira, que atendeu cerca de 150 pessoas.

O motorista Nilson Dias, de 53 anos, trabalha como socorrista. Ele participou do movimento realizado na Freguesia do Ó e afirma que foi gratificante ver o empenho dos adventistas no combate à violência infantil. “Se todas as pessoas conhecessem as instruções que foram ministradas na feira de saúde, por exemplo, nosso mundo poderia estar muito melhor”, diz.

A deputada estadual dra. Damaris Moura, autora do projeto de lei que recentemente instituiu o quarto sábado do mês de agosto como o Dia Estadual da Campanha Quebrando o Silêncio, fez uma palestra ao ar livre reforçando a responsabilidade social de cada cidadão a respeito da proteção às crianças.

No Parque do Carmo, cerca de 400 pessoas fizeram passeata para conscientizar pessoas sobre a violência infantil (Foto: Maxwell Oliveira)

Região leste paulista

Já na zona leste paulista, cerca de 400 pessoas realizaram passeata e palestra ao ar livre no Parque do Carmo. Lá, as crianças se divertiram com bonecos da turma do Nosso Amiguinho.

Para Marziane Guimarães, líder do Ministério da Mulher da Associação Paulista Leste, as ações ajudaram a conscientizar as pessoas sobre a violência e abusos contra crianças, tema trabalhado pelo projeto com mais ênfase neste ano. “A violência infantil está aumentando. Precisamos falar sobre isso com as comunidades, precisamos alertar as famílias”, explica.

Abaixo, veja imagens de outras igrejas da Paulista Leste em movimento pelo Quebrando o Silêncio:

Veja mais fotos das ações no Parque do Carmo e na Freguesia do Ó:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox