Notícias Adventistas

Quarentena da Compaixão

Por Kelyse Rodrigues 14 de abril de 2020

Voluntários entregam sopas e cestas básicas aos moradores de rua de Sumaré-SP.

Moradores de rua são atendidos durante o período de pandemia, o projeto foi realizado com entrega de cinquenta sopas e cestas básicas

 No sábado (10), na cidade de Sumaré-SP, um grande projeto foi realizado para atender aos moradores de rua. Esta ação foi idealizada pelos componentes da Ação Solidária Adventista (ASA) e Calebe, com o objetivo de prestar serviços voluntários. Foram entregues cinquenta sopas e cestas básicas para auxiliar cada uma destas pessoas. Cerca de 20 pessoas estiveram envolvidas nesta ação.

A ASA de Sumaré, começou no ano de 2018 com o objetivo de ajudar famílias e pessoas com necessidades básicas. No ano de 2019 o bairro Três Pontos foi arrasado por uma enchente, neste momento que a ASA decidiu colocar os pés na lama e abraçar cada uma destas pessoas.  Juntamente, os Calebes se uniram para auxiliar nos trabalhos.

Diante desta situação de quarentena, eles não ficaram indiferentes e abraçaram, mesmo que não pudessem dar esse toque de afeto. A diretora da ASA, Cristina Machado, expressa sobre sua satisfação com o projeto deste ano. “Eu senti que estamos mais vivos. Esta pandemia nos levou para dentro de casa, mas nos deixou mais vivos. Vivos espiritualmente, porque começamos a entender a necessidade de acolhermos os nossos irmãos. Aprendemos que servir é a melhor coisa que fazemos”, ressalta.

O período de quarentena está sendo seguido à risca em muitas cidades, devido esse momento, muitos estão abrigados e seguros dentro de suas casas. Todo cuidado é essencial para prevenção, devido a rápido propagação do Covid-19 (Coronavírus). Entretanto, muitos não possuem estrutura e cuidado diante da situação atual. Pensando no próximo, que este projeto realizado pela ASA e os Calebes, foi executado.

A motivação é o primeiro passo para atender com êxito e alegria cada uma dessas pessoas, o pastor Adilson da Cruz, do Distrito de Sumaré Central demonstrou sua realização com o desenvolvimento deste atendimento aos mais necessitados. “A grande motivação para atendermos aos menos favorecidos, tem sido a gratidão e o amor incondicional, pois Deus nos tem abençoado para abençoarmos”, realça.

O amor e cuidado com o próximo, são um dos princípios pregados e praticados por estas organizações (ASA e Calebe). “Deus tocou em nós, para que nós reuníssemos, então ASA e Calebes, juntos com pastor do distrito e o pastor missionário. Fomos nas ruas pedir alimentos, para montar cestas de alimentos e de noite fomos nas ruas levar uma sopa quentinha para alimentar moradores de rua”, revela o pastor dos jovens, Luiz Miguel. O abraço não pode ser dado, mas o cuidado pode ser entregue através de atitudes de solidariedade. A pandemia não imobiliza aqueles que se dedicam pelo próximo.

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox