Notícias Adventistas

Projetos Sociais

Projeto beneficia crianças carentes em Campestre do Maranhão

Os participantes foram favorecidos com atendimento médico, odontológico, roupas, medicamentos dentre outros.


  • Share:

Dentre as atividades estava uma aulinha de culinária saudável, plantio e cuidados de uma horta

O Projeto Pequeno Cidadão ocorre anualmente em comemoração ao Dia das Crianças e beneficia cerca de 100 crianças com suas respectivas famílias na cidade de Campestre do Maranhão, a 70km de Imperatriz. A ação conta com a ajuda voluntária de membros da igreja adventista Espaço Novo Tempo Imperatriz.

Saiba Mais:

 

Além das crianças, os pais também foram atendidos e receberam medicamentos gratuitamente. Foto: Nilton Silva

A iniciativa partiu da pediatra Soélia Ferrante, com o apoio do esposo, Célio Sampaio, e da filha, Nathália Ferrante. O objetivo é proporcionar um dia de lazer e de cuidados tanto para as crianças quanto para suas famílias, oferecendo atendimento médico, odontológico, jurídico, psicológico, além de outros serviços. As famílias são cadastradas mediante visitas para triagem. A seleção ocorre a partir da constatação de critérios pré-estabelecidos que visam suprir necessidades básicas e imediatas dos que receberão assistência.

O projeto aconteceu no domingo, 21 de outubro, e teve início às 8h na Praça Liberdade, onde as crianças se reuniram para o credenciamento e assistiram a uma apresentação da Turma do Nosso Amiguinho. Depois foram conduzidas de ônibus até o Rancho Santa Zau, local que sedia a gincana e todas as outras atividades propostas para o dia.

Drª Soélia explica que esse tipo de projeto requer parcerias e voluntários e que, apesar das dificuldades, o sorriso dos participantes é o que importa. “É gratificante poder ajudar a essas crianças e suas famílias. Para a gente pode ser pouco, mas para elas é muito. É bonito ver o trabalho voluntário dos meus irmãos aqui e me sinto muito feliz por ter recebido patrocínios de colegas e da Suzano Papel e Celulose”, exclamou a médica.

As crianças participaram de uma gincana cujo nome das equipes homenageava os Oito Remédios da Natureza. Foto: Nilton Silva

Os participantes foram distribuídos em equipes que reforçam o conceito dos Oito Remédios da Natureza. Dentre as atividades estava uma aulinha de culinária saudável, plantio e cuidados de uma horta, um bazar com roupas e calçados novos e usados e um local reservado para leitura.

Maria Eduarda Brandão tem apenas cinco anos, mas sabe explicar muito bem porque gostou tanto de participar do dia de lazer. “Aprendi a música da minha equipe, aprendi a escovar os dentes... primeiro a gente escova do lado, depois faz o trenzinho, depois escova a língua”, conta a menina.

As crianças foram beneficiadas ainda com remédios, café da manhã, almoço, lanches, brinquedos e literaturas infantis, provenientes de doações. Rosilene dos Santos participou com o esposo e os seis filhos: “Meus filhos gostaram demais. O que mais me chamou a atenção foi o cuidado do pessoal com as crianças. Essa ideia foi boa demais, desse pessoal da igreja atender a gente”, avalia.

A voluntária Rosa Nascimento expressou o sentimento que, segundo ela, acredita ser comum a todos os que estiveram envolvidos: “Tenho certeza que tudo que foi feito em prol desses pequeninos deixará em suas mentes marcas indeléveis que contribuirão para o bem da formação de seus caracteres. Um privilégio para mim ter participado”, conclui.

Veja a galeria de fotos: