Notícias Adventistas

Pequeno Grupo pastoral visita orfanato em São José (SC)

Iniciativa ministerial visa motivar pastores ao ministério e terem uma atividade em unidade com seus colegas de região

Por Daniel Gonçalves 23 de setembro de 2019

Pastores levaram amor e alegria a crianças de orfanato da Grande Florianópolis

Alinhado com a estrutura de unidade entre membros, os pastores da Associação Catarinense – AC (Igreja Adventista do Sétimo Dia no centro sul de Santa Catarina) realizam mensalmente um Pequeno Grupo Pastoral (PGP). Cada região tem seu PGP. O intuito é motivar o pastor no ministério e ter uma troca de experiências. “É um alinhamento intencional que resulte no foco que todos os nossos projetos tem: o envolvimento da igreja”, explica o pastor João Nicolau, líder do Ministério Pessoal – AC.

“Recentemente em nosso grupo de Florianópolis estávamos refletindo que precisamos sair das ‘paredes’ e irmos para as ruas onde estão as necessidades. A mais necessidade da Igreja nas ruas do que Igreja nos Tempos”, acrescenta o pastor Nicolau. Pensando nisso foi que esse PGP da capital resolveu fazer um trabalho social em um orfanato em São José. Os pastores levaram algo que as crianças amaram: brinquedos. “Esse orfanato sobrevive de doações e de apoio do governo, mas dificilmente recebem brinquedos, por isso escolhemos esse item”, diz o pastor Cristiano Silva.

Além do orfanato, os pastores visitaram outras duas instituições neste mês de setembro: duas clínicas de dependentes químicos. Eles levaram alimentos e item de necessidade básica. “Falamos de Jesus para as pessoas e os ajudamos com suas necessidades básicas também. Esse era o método de nosso Salvador quando esteve aqui na Terra. Ele amava as pessoas, dava as necessidades do dia a dia para depois falar sobre o alimento espiritual”, lembra Nicolau.

“Isso é missão Urbana. Ao longo do ano o objetivo é auxiliar o pastor em seu programa de trabalho no que diz respeito aos objetivos da Igreja no contexto do Discipulado e de como realmente alcançar as pessoas”, conclui o pastor Francisco Fonseca, Ministerial – AC.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox