Notícias Adventistas

Oeste paranaense se mobiliza para ajudar afetados pela enchente no RS

Mais de 200 doações foram realizadas e 100 mil peças de roupas arrecadadas para atender moradores de Itaqui.

14 de julho de 2014
Oeste-paranaense-se-mobiliza-para-ajudar-afetados-pela-enchente-no-RS2

ADRA, ASA e Defesa Civil fizeram parceria para arrecadar donativos na cidade

Cascavel, PR… [ASN] As chuvas que atingiram a região sul do Brasil nas últimas semanas tem causado transtornos no Rio Grande do Sul. O município de Itaqui foi o mais atingido, com 10.127 pessoas desalojadas e 672 desabrigadas. Para auxiliar as famílias que sofrem com a enchente do Rio Uruguai, os habitantes do município de Cascavel e região oeste paranaense desenvolveram um mutirão para arrecadar donativos.

O lançamento do projeto solidário foi realizado no dia 5 de julho, nas dependências da igreja adventista do détimo dia (IASD) em Cascavel. O movimento faz parte da iniciativa da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) e Ação Solidária Adventista (ASA) em parceria com a Defesa Civil. Foram arrecadados mais de 100 mil peças de roupas, vários móveis e materiais de construção. A conscientização de solidariedade alavancou mais de 200 doações.

Leia também:

De acordo com a diretora da Defesa Civil de Cascavel, Jane Dallagno, a data para entrega dos donativos foi remarcada devido ao mal tempo na região e está prevista para esta terça-feira, 15 de julho. Dois caminhões levarão a carga de doações. A entrega será realizada pelo 4° Grupamento de Bombeiros de Cascavel e a equipe da ADRA.

Oeste-paranaense-se-mobiliza-para-ajudar-afetados-pela-enchente-no-RS

Móveis, materiais de construção e mais de 100 mil peças de roupas chegaram por meio de mais de 200 doações

Ao todo, foram afetados 149 municípios no Rio Grande do Sul, sendo que 126 estão em estado de emergência e necessitam de doações e auxílio federal. “Eu acredito que o pouco que a gente pode colaborar é o muito para alguém que ficou sem nada. Nossa tarefa como cristãos é prestar auxílio a essas famílias. Isso faz bem para nós mesmos e abre portas para que mais pessoas conheçam Jesus”, conclui o organizador do projeto, o instrutor bíblico Julio Peralta. [Equipe ASN, Michelle Martins]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox