Notícias Adventistas

Novo convênio amplia acolhimento da ADRA a moradores de rua na Bahia

Agência adventista ampliará atendimento de 100 para 150 pessoas.

Por Heron Santana 12 de abril de 2019

Com o convênio, a ADRA Brasil em Salvador passará a acolher 150 pessoas em situação de rua. (Foto: Divulgação)

O escritório regional da ADRA Brasil na Bahia assinou no dia 11 de abril, em Salvador, um termo de colaboração estabelecendo convênio que amplia atendimento a pessoas em situação de rua na capital do Estado. O acordo foi assinado com a Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), e garante mais um abrigo de acolhimento mantido pela agência humanitária para essa população.

Será a terceira parceria entre a instituição adventista e a Prefeitura de Salvador com esta finalidade. Atualmente, a ADRA já cuida dos abrigos de Barbalho 1 e 2.

Leia também:

O secretário da Semps, Leo Prates, celebrou a iniciativa, considerando a expansão do serviço oferecido para esta público. “É um convênio importante, pois vamos ampliar as vagas de acolhimento de 500 para 700 pessoas, com apoio de outras instituições”, afirmou. O convênio tem duração de três anos.

Das 500 pessoas abrigadas hoje, a ADRA Brasil responde por 100 acolhimentos. “Com esse convênio, teremos mais uma casa no centro de Salvador e ampliaremos o serviço para 150 pessoas”, declarou Luiz Fernando, diretor regional da ADRA Brasil.

Juliana Portela, diretora da Proteção Social Especial da Semps, ressaltou a relevância do convênio. “É uma iniciativa que fortalece o cuidado com a população em situação de rua. Vamos ampliar o alcance de pessoas em vulnerabilidade social e risco social no município, com expansão da qualificação do atendimento”, disse.

A servidora elogiou a reputação da agência adventista. “A ADRA é parceira da prefeitura desde 2015, e já provou ser uma organização da sociedade civil que realiza seu trabalho com expertise, qualidade e serviço humanizado”, ressaltou.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox