Notícias Adventistas

Noivos se casam durante congresso sobre voluntariado prisional no DF e Entorno

Casal se conheceu durante uma missão prisional no último ano

Por Rafael Brondani 4 de dezembro de 2020

A história do casal começou em uma atividade voluntária. (Foto: Equipe Ministério Carcerário)

O voluntariado prisional faz parte da vida de Joymir Guimarães e de Tânia dos Santos. O casal ficou mais próximo no ano de 2019, durante uma ação do Ministério Carcerário, um projeto que atende 12 presídios no Distrito Federal e Entorno e reúne cerca de 200 capelães que, além de atuar nessas unidades, visitam os parentes dos encarcerados.

A história do casal começou em uma atividade voluntária, em que diversas pessoas participam das ações, como pastores, capelães, advogados, psicólogos, entre outros especialistas. Durante as visitas, eles conversam e utilizam histórias da Bíblia para proporcionar momentos de reflexão e mudanças na vida dos detentos.

Foi assim que o casal descobriu um amor em comum: a missão. “Nós começamos a namorar exatamente em um dia de missão prisional no ano de 2019. Eu a convidei para participar de uma ação no presídio de Luziânia e nesse mesmo dia iniciamos a nossa história”, relembra Joymir.

Durante o ano de 2020, Joymir e Tânia fizeram planos para o casamento. “Em setembro estávamos planejando como seria o grande dia. Foi quando a Tânia teve uma ideia. ‘Porque a gente não casa no congresso do ministério?’, ela disse. Eu achei uma ótima ideia!”, explica Guimarães.

O líder dos Adventistas para o Planalto Central, Max Schuabb foi quem realizou a cerimônia. (Foto: Equipe MCA)

Tudo aconteceu no sábado, 28, durante um congresso híbrido de voluntários do projeto e o líder dos Adventistas para o Planalto Central, Max Schuabb foi quem realizou a cerimônia. A programação teve como tema “Lembra-te de Mim” e reuniu capelães, conselheiros e demais voluntários que participam das ações do ministério e também familiares de detentos e ex-detentos.

Durante o encontro, que também contou com a presença de autoridades da segurança pública, os participantes celebraram todo o trabalho realizado durante o ano, acompanharam testemunhos, batismos e reforçaram o compromisso com a propagação do evangelho.

Atualmente, Joymir é coordenador do projeto e já esteve preso, portanto, sabe exatamente como é o drama das pessoas que anseiam por uma oportunidade de sair da criminalidade, mas não sabem como. Após ter a vida transformada dentro de um presídio por uma ação semelhante, resolveu ser voluntário do Ministério Carcerário Adventista.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox