Notícias Adventistas

Na Venezuela, adventistas ajudam a reduzir sofrimento na comunidade

Projeto social envolveu uma série de atividades desenvolvidas por jovens em algumas regiões da Venezuela, país afetado por crises econômicas e políticas.

Por Steven Rosado e equipe de notícias da Divisão Interamericana 20 de agosto de 2021

Um membro da igreja sorri ao entregar um lanche a um destinatário sorridente nas ruas de Caracas, Venezuela, recentemente. Este ano, a iniciativa ocorreu de 1 ° de julho a 7 de agosto, para espalhar amor e bondade (Foto: Conferência Central da Venezuela)

Aproximadamente 9 mil adventistas do sétimo dia do na região leste da Venezuela participaram recentemente do que se tornou o programa social anual mais abrangente da igreja desde 2013. No programa chamado Perto de você, Venezuela 2021, os voluntários membros da igreja distribuíram suprimentos. E levaram mensagens de esperança para aqueles que enfrentam desafios econômicos. O programa aconteceu entre 1º de julho e 7 de agosto.

Milhares de jovens em Caracas, a capital da Venezuela, saíram às ruas ao som de fanfarras para distribuir sacolas de frutas e literatura em praças, hospitais e calçadas. Eles ergueram cartazes e faixas exibindo palavras de conforto para o bem dos motoristas e espectadores nos semáforos. Muitos dos jovens vestiram fantasias em formato de coração, motivaram aqueles ao seu redor e tiraram selfies com eles.

“O que foi tão impressionante de ver foi que cada voluntário ofereceu alívio e esperança para aqueles que precisavam”, disse David Manrique, diretor do Ministério Jovem da União Leste da Venezuela e principal organizador da iniciativa. “Louvamos a Deus por nos dar este enorme privilégio de dar e ser uma benção para os outros”, ressaltou.  

Brinquedos e refeições 

No Estado de Miranda, dezenas de crianças receberam brinquedos e refeições, e muitas pessoas puderam realizar cortes de cabelo de forma gratuita. Os voluntários, também, distribuíram arepas de café da manhã, frutas e livros para 210 pessoas no Hospital Santo Anibal Dominicci de Carupano, no Estado de Sucre. Arepa é um prato de massa de pão feito com milho moído ou com farinha de milho pré-cozido muito típico em países a Venezuela.

Em outros lugares da região leste, milhares de crianças participaram da Escola Cristã de Férias, com realização de atividades esportivas e projetos relacionados ao artesanato. Os voluntários ofereceram, ainda, atendimento médico gratuito, palestras sobre saúde, organizaram doações de sangue, e limparam parques e ruas.

“Sorrir traz grandes benefícios para a saúde, e os jovens aceitaram o desafio de ir e compartilhar o evangelho e sorrir com alguém que talvez não conheça o amor de Deus”, disse Diana Díaz, voluntária da Associação Leste da Venezuela. “A visão para o resto do ano é continuar com o programa social uma vez por semana para alcançar mais pessoas”, explicou Manrique.

“Vamos continuar instruindo nossos membros para que continuem trabalhando nesses projetos de uma forma mais permanente”, disse o pastor Alpidio Ytriago, líder do Ministério Jovem da Associação Leste da Venezuela. “Não podemos perder o calor desse fogo, já que essa é uma maneira muito eficaz de alcançar as pessoas”.

Wilbelly Loreto, que por muitos anos tem sido voluntária como líder da ADRA na Zona V da Associação Central-Sul da Venezuela, parabenizou os voluntários. “Vocês devem seguir em frente, um coração de cada vez, conquistando almas para Cristo”, disse ela. O evento foi realizado on-line e por meio de plataformas de mídia social.

No oeste da Venezuela, milhares de membros da igreja também celebraram a iniciativa entre 1º e 7 de agosto, compartilhando alimentos e roupas, oferendo check-up médico e corte de cabelo gratuitos. Eles também pintaram pavilhões de parques.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox