Notícias Adventistas

Meios digitais contribuem para ações de solidariedade em São Paulo

Grupos organizaram campanhas online e drive-thru solidário para arrecadar doações de alimentos na zona Sul da capital paulista.

Por Stephanie Passos 18 de abril de 2020

Alimentos são entregues em ação realizada no estacionamento de Igreja em São Paulo (Foto: Divulgação)

A pandemia do novo coronavírus tem gerado muita insegurança em diversos aspectos da vida da população. O emprego, a moradia ou o alimento, mudanças que causam instabilidade, mas que também se tornaram pontes para a solidariedade. Na zona Sul de São Paulo e Vale do Ribeira, grupos de voluntários têm mobilizado campanhas de arrecadação de alimentos e produtos de higiene que são direcionados às famílias em regiões periféricas da capital paulista.

Leia também:

Ao assistir um culto em que o pastor comentava sobre a necessidade de conseguir doações de alimentos para a Ação Solidária Adventista (ASA) do templo adventista da Alvorada, a cabeleireira Débora Correa teve a ideia de montar um drivethru solidário com as clientes do salão do qual é proprietária. Por meio do WhatsApp, ela enviou uma mensagem para cerca de 1500 clientes do estabelecimento – que no momento está fechado, seguindo as orientações dos órgãos governamentais.

Atitude simples, resultado extraordinário

“Mandei mensagem falando que estaria no salão das 9h às 12h, no domingo, e que elas poderiam colocar o alimento dentro da sacola que eu receberia [na porta]. Elas não iam precisar descer [do veículo] e não teria contato”, explica a empresária. Em apenas um dia foram arrecadados 400 quilos de alimentos.

Diante do resultado, Débora então sugeriu expandir a ideia, e no dia 11 de abril voluntários realizaram a ação no estacionamento da igreja da Alvorada. Foi um processo ágil, no qual os doadores entregavam os alimentos sem sair do veículo.

Em menos de oito horas, 800 quilos foram arrecadados. O que foi arrecadado será destinado a dezenas de famílias de comunidades que são cadastradas no posto da ASA local para receber o auxílio.

Veja imagens da iniciativa:

Ministério conectado

O movimento Te Vejo na Rua mobilizou uma campanha online e arrecadou R$ 2.400, além de alimentos e roupas. Como resultado, o grupo auxiliou cerca de 60 famílias, 40 delas com cestas básicas. Os beneficiados foram indicadas por voluntários e vizinhos.

“Antes da crise vivíamos de ‘bicos’. Com meu esposo desempregado há 7 anos, é complicado. A minha realidade agora é correr atrás de sustentar meus filhos sem ter a vergonha de pedir ajuda a quem encontrar, como o Te Vejo na Rua. Quero agradecer ao ministério por nos dar a assistência em alimentos em um momento tão difícil. Que Deus abençoe e proteja a todos esses membros, que são anjos do Senhor em nossas vidas”, agradece Maria de Fátima, vendedora autônoma.

“É incrível ver a atuação de Deus e o despertar do coração daqueles que não têm nenhum vínculo religioso com a gente”, afirma o enfermeiro Oldac Carvalho, um dos voluntários. O grupo também lançou a hashtag #TevejonaRuaÉTododia para incentivar as pessoas a se envolverem em ações solidárias, não apenas em épocas específicas, mas diariamente. “Já estamos correndo atrás de parcerias e vamos lançar uma nova meta para maio”, antecipa Carvalho.

Confira fotos da ação:

WhatsApp do bem

Na cidade de Pariquera-Açu, no Vale do Ribeira, os últimos dados divulgados pela Prefeitura apontam que foram confirmados 12 casos da Covid – 19. Com as medidas preventivas, houve o aumento das necessidades básicas de muitas famílias. Diante da nova realidade, quatro jovens utilizaram o WhatsApp e criaram uma campanha de doações.

Em apenas um dia, eles arrecadaram cerca de 400 quilos de alimentos, a maioria com os membros da própria congregação, que foram transformados em 17 cestas básicas. Com a iniciativa, o grupo recebeu notoriedade e o trabalho não parou deste então, seja recebendo os produtos, montando as cestas ou entregando as doações para as famílias da comunidade que entram em contato.

“A satisfação de entregar uma cesta básica para uma família que realmente precisa é algo extraordinário, é muito satisfatório […], estamos juntos nessa”, afirma o voluntário Emerson Rosa, em vídeo incentivando as pessoas a continuarem ajudando da forma como puderem.

O grupo segue em busca de doações para montar mais 20 cestas básicas. Todos os movimentos foram potencializados pelo meio das mídias sociais, que têm se tornado ponte de esperança para muitos, principalmente neste período de distanciamento social.

Acesse a galeria abaixo e veja outras iniciativas:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox