Notícias Adventistas

Jovens heróis alcançam marca de 1.300 bolsas de sangue doadas no projeto Vida por Vidas

Você sabia que os Jovens Adventistas em Manaus já alcançaram 1.300 bolsas de sangue das 2 mil da meta para 2019? Conheça mais sobre esses jovens hérois.

Por Luciana Santana Diniz 5 de agosto de 2019

Todos os sábados os jovens se descolam até o hemocentro de Manaus para a doação regular de sangue (foto: Fabrício Gomes)

Segundo o Ministério da Saúde apenas 1,6% da população no Brasil doa sangue. Em Manaus, os dados também são alarmantes diante da necessidade dos hospitais: somente 9 mil pessoas doam regularmente no Hemocentro do Amazonas (HEMOAM). Para ajudar a reverter este quadro, o projeto Vida por Vidas, neste ano, irá doar 2 mil bolsas de sangue nos estados do Amazonas e Roraima. Toda semana, jovens da Igreja Adventista doam sangue. Com o tema “Quem é o herói da história?” mais de 180 voluntários decidiram fazer a diferença neste sábado, dia 03 de agosto, no HEMOAM.

Com roupas de super-heróis, jovens uniram as forças para salvar vidas. A iniciativa era para chamar a atenção da sociedade sobre a importância da doação de sangue. Segundo Jeferson Leandro de Souza, o Capitão América, que doa sangue pela décima vez, a ideia é inspirar outras pessoas a serem heróis na vida de alguém. “Todos nós podemos ser heróis e fazer a diferença na vida de alguém. Estamos aqui para inspirar outros a doarem sangue também”, fala. 

De acordo com o líder de jovens para os estados do Amazonas e Roraima, pastor Ormeu Lima, a meta de doação no ano de 2019 é de 2.000 bolsas de sangue nos dois estados. “Já doamos no Amazonas e em Roraima 1.300 bolsas. Nossa meta é doar 2.000 bolsas e fazer com que estes jovens sejam heróis na vida dos que precisam”, coloca. 

Jovem vestido de superman participando ativamente do projeto Vida por Vidas (foto: Fabrício Gomes)

Lucas dos Santos chegou ao HEMOAM vestido de superman, e segundo ele, herói de verdade não tem medo de doar sangue. “Não dói doar sangue! Herói de verdade não tem medo de agulha. Tudo vale a pena para salvar vidas”, conta. 

Para o coordenador do Projeto Vida por Vidas em Manaus, Abel Antares, os jovens adventistas já entenderam a importância da doação de sangue para quem precisa. Por isso, uma escala semanal é feita.  “Temos um rodízio constante de doação de sangue aqui no HEMOAM. Todos os sábados têm jovens adventistas doando sangue e sendo o herói na história de vida de alguém”, ressalta. 

A enfermeira do HEMOAM, Abigail Picanço, fala sobre a importância da constante doação do projeto Vida por Vidas para o banco de sangue do Hemocentro. “Manter o nosso estoque abastecido para atender a necessidade de quem precisa é o nosso maior desafio. Quando temos um grupo fidelizado conseguimos manter uma constante de estoque. Os jovens adventistas são nossos parceiros e têm um grande aproveitamento do sangue por conta da qualidade de vida que eles têm.  O projeto Vida por Vidas com certeza já salvou muitas pessoas no Amazonas. Todos são heróis”, finaliza feliz.

A doação regular, proporcionada pelo projeto Vida Por Vidas, faz com que o estoque do banco de sangue do hemocentro de Manaus esteja em constante abastecimento (foto: Fabrício Gomes)

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox