Notícias Adventistas

Adventistas de Rio dos Cedros se unem aos de Xanxerê para ajudar vítimas de tornado

Uma das voluntárias teve a casa destruída e mesmo assim resolveu participar da ação.

4 de maio de 2015

Captura de Tela 2015-05-04 às 16.51.13Xanxerê, SC… [ASN] O cenário ainda impressiona. Quem anda pelas ruas de Xanxerê, ou mesmo por estradas próximas a Ponte Serrada e Passos Maia, logo enxerga que há bastante trabalho a fazer para reconstruir com calma o que foi perdido em minutos ou até segundos. Marceneiros, eletricistas, leigos e toda a comunidade atingida pelo tornado, tenta se reerguer.

De seis meses a um ano: esse é o período previsto para que a cidade de Xanxerê seja reestruturada. Uma semana após o desastre, o que mais se vê é a busca pela reparação de sonhos e necessidades, esfaceladas pelo chão.

Uma das pessoas que tiveram perdas foi Júlio Faé, dono de uma distribuidora de peças para bicicletas que viu quase todo o seu empreendimento cair enquanto ele e seus funcionários trabalhavam no local. “Foi uma situação de caos. Não tinha onde se esconder. Foi simplesmente questão de segundos, ficar no lugar e esperar acontecer. Pensamos até que era chuva de pedra. No que a gente pensou em correr pra fora pra estrutura não cair em cima da gente, começou a cair tudo. Com sorte, ninguém teve nenhum ferimento grave e com o tempo, a gente vai reconstruindo, né, porque a situação foi bem triste”, conta o empresário.

Em resposta imediata, pessoas de todo o Estado têm feito questão de ajudar as vítimas. Uma destas ações de voluntariado partiu de um grupo de jovens de Rio dos Cedros, 450 km de Xanxerê. Apesar da distância, o grupo não ficou intimidado com as 7h de percurso e, apoiado pela prefeitura, garantiu um caminhão repleto de cestas básicas, água, cobertores e travesseiros. “Essa motivação partiu de um grupo no WhatsApp do Geração 148 de pessoas que já passaram pela mesma situação, precisavam de donativos e muitos desses donativos não chegaram até essas pessoas. Foi muito gratificante pra nós poder passar isso pra eles”, explica Rogério Lenzi, líder do projeto Geração 148 para a Igreja Adventista de Rio dos Cedros.

Leia também:

A ação aconteceu em conjunto com voluntários adventistas de Xanxerê, que já vinham realizando um trabalho de apoio às vítimas desde a ocorrência. Entre essas pessoas, estava Gabriela Dal’alba, que também teve sua casa destruída. “Minha família estava dentro de casa e os machucados foram poucos. Deus nos protegeu de uma maneira incrível e nossa forma de agradecer é ajudando os outros”, revela.

Apesar dos danos, o sorriso da moça era contagiante e foi com essa mesma expressão que ela e o grupo encontraram Sandra Calegari, também afetada pela tragédia. Os filhos, de 6 e de 13 anos, estavam em casa quando o telhado foi pelos ares. “A gente vai ter que reconstruir tudo de novo, pois abalou toda a estrutura e a casa não tem seguro. A gente tá conseguindo um pouco de ajuda de cada lado. Eles são anjos na vida da gente. Aconteceu a mesma coisa com a Gabriela e ela tá aqui me ajudando no momento. Nem sei se eu teria forças de ajudar as pessoas dessa forma”, explica Sandra, que se encontra desempregada.

Ainda falta muito para os municípios de Xanxerê, Ponte serrada e Passos Maia voltarem ao normal, mas a compaixão exercida de um para outro dia após dia, já mudou muita coisa. Para Ronaldo Bertazzo, presidente do escritório-sede da Igreja Adventista que atende as regiões Norte e Oeste de Santa Catarina, tais atitudes revelam o que somos. O verdadeiro cristianismo é esse: é se envolver, ajudar outras pessoas. Quando Jesus esteve aqui na terra, ele fez exatamente isso e nós fazemos porque seguimos o seu exemplo˜, reforça.

ADRA Brasil – Na sexta-feira (01), a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA Brasil) fez a entrega de 4 mil cobertores para beneficiar famílias de Xanxerê por conta das baixas temperaturas que se aproximam, com o inverno. A ação foi coordenada pelo pastor Célio Longo, responsável pela ADRA regional no Paraná. Voluntários de Passo Fundo (RS) foram até o município e colaboraram com a entrega.

A sede administrativa da Igreja que atende o Oeste catarinense continua com a campanha SOS Xanxerê, que arrecada recursos em dinheiro para auxiliar na compra de materiais para reconstrução de casas. Saiba mais, clicando AQUI ou acessando anc.adventistas.org. [Equipe ASN, Willian Vieira]

Assista a reportagem em vídeo, exibida no programa Revista Novo Tempo:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox