Notícias Adventistas

Igrejas adventistas arrecadam mais de 77 toneladas de alimentos no feriado da Páscoa

Igrejas Adventistas abriram suas portas e arrecadaram mais de 77 toneladas no final de semana da Páscoa. Ações sociais também continuam durante a pandemia da Covid-19.

Por Andréia Kals, Fabiana Lopes, Kimberly Cruz 17 de abril de 2020

Templos possuem horários específicos de plantão para receber alimentos e organizar cestas básicas. [ Foto:Divulgação]

A ordem do Poder Público de manter as igrejas fechadas permanece em vigor no estado do Rio de Janeiro e as Igrejas Adventistas seguem a orientação para os cultos normais. Mas neste final de semana, os líderes resolveram abrir as portas das igrejas para atender as necessidades de membros e vizinhos do bairro, com arrecadação e doação de alimentos. Toda ação aconteceu com os devidos cuidados para evitar aglomerações também com o uso de máscaras e luvas. Ao todo, foram 77.350 quilos de alimentos arrecadados durante o feriado da Páscoa até hoje, ou seja, mais de 77 toneladas.

Para o líder de Ação Social Adventista que atende pelo estado do Rio de Janeiro, além do Espírito Santo e Minas Gerais, Eber Nunes, ações sociais neste momento são fundamentais. “Essa é uma prática constante da Igreja Adventista, portanto, as equipes que atuam durante todo o ano observam as necessidades das comunidades ao seu redor. Diante deste momento difícil no estado do Rio de Janeiro, as ações são intensificadas. Como igreja, arregaçamos as mangas e estamos ajudando com todos os cuidados necessários. Os que tem muito podem ajudar aqueles que estão sem nada e toda a igreja está mobilizada para esta ação social”, salienta Nunes.

Ações sociais por região

Região Central

Buscando auxiliar neste período de pandemia, voluntários de Santo Anônio-Xerem doam  sangue no Hemocentro de Santa Tereza Petrópolis, RJ. [ Foto: Divulgação]

Além da arrecadação de alimentos, material de higiene e limpeza, ações sociais têm acontecido para atender necessidades de moradores de rua. O Projeto CASA Esperança, por exemplo, já distribuiu mais de 7 mil refeições desde o início da pandemia aqui no Brasil, em meados de março no Centro do Rio de Janeiro para moradores de rua.

A ONG ABACC (Associação Beneficente de Ação da Cidadania e Cultura) liderada por Sandra Sobral, com sede em Duque de Caxias, está atendendo 51 comunidades, com mais de 5 mil famílias atendidas em todo o estado do Rio. Sandra, que também é assistente social, diz que “o momento é delicado. Mensalmente, conseguimos arrecadar de 7 a 10 toneladas de alimentos e atendemos uma média de 12 a 15 instituições em cada plantão. Estamos vivendo um momento muito delicado e muitos estão passando fome e tendo outras necessidades básicas”, destaca Sandra Sobral.

Jovens estão arrecadando alimentos em domicílio com o auxílio do pedido via WhatsApp. Eles visitam os bairros de Parada de Lucas, Vigário Geral e Duque de Caxias. Para solicitar ajuda ou fazer a doação, o contato pode ser com o Alex Lira (21) 96408-6814 ou Liziane Alves Cruz (21) 97482-4535.

Região Fluminense

Jovens e Desbravadores tem ajudado na distribuição dos donativos. [Foto: Divulgação]

Na região fluminense do estado, mais de 17 toneladas de alimentos foram arrecadadas e distribuídas. As doações estão sendo entregues nos templos, que tem equipes de plantão aos sábados (manhã e tarde), e, em alguns locais, também nas quartas-feiras e domingos, ao final do dia. Além das arrecadações, outras atividades comunitárias estão sendo desenvolvidas, como a entrega de presentes para vizinhos nos prédios e condomínios, e projetos de oração intercessora.

Em Nova Friburgo, voluntários estão trocando uma máscara e um livro missionário, por 1 kg de alimento, com a expectativa de arrecadar até 4 toneladas. Já em São Pedro da Aldeia, aliado à arrecadação de alimentos não perecíveis, um grupo de voluntários que costumeiramente atende a população de rua, não os abandonou em meio a quarentena. Adaptando a produção e entrega (segundo as orientações dos Órgãos de Saúde), eles continuam distribuindo quentinhas, conversando e orando com as pessoas.

Para participar de algum dos projetos desenvolvidos na região, basta contatar pastores ou líderes locais.

Região Sul

Igreja da Barra da Tijuca já distribuiu 140 cestas básicas. [Foto: Divulgação]

E na região Sul do estado, já foram arrecadadas mais de 45 mil toneladas de alimentos, através da mobilização das igrejas e da comunidade local. Uma das campanhas foi realizada na Igreja Adventista da Barra da Tijuca. Até sábado passado, dia 11 de abril, foram arrecadadas 2 toneladas de alimentos e 140 cestas foram distribuídas nos seguintes bairros da zona Oeste: Jesuítas (50), Santa Cruz (50), Pedra de Guaratiba (20), Campo Grande (20). Segundo um dos organizadores, o pastor Fernando Henrique, primeiro foi feito o mapeamento dos locais mais próximos a serem atendidos. “Identificamos a demanda das igrejas e comunidades em necessidade. Todas as doações vieram dos membros da igreja e amigos. E temos planos de continuar enquanto a necessidade permanecer”, destaca o pastor.

Para fazer sua doação física em alguma Igreja Adventista, acesse aqui o endereço mais próximo de você.

Galeria de imagens:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox