Notícias Adventistas

Idosos recebem serenata de jovens adventistas

A preferência são idosos que não têm acesso a internet e estão, de certa forma, isolados da dinâmica de igreja.

Por Emanuele Fonseca 21 de maio de 2020

Visita a Marina Moraes e família.

Há quatro sábados jovens da igreja Adventista do bairro Camaquã, juntamente com o Colégio Adventista de Porto Alegre estão separando parte do seu tempo para fazerem ações sociais. Cerca de 50 pessoas são divididas em três equipes. Os voluntários preparam o alimento, depois é feita a organização das marmitas e por último a distribuição para pessoas em situação de rua ou com alguma vulnerabilidade social.

O ponto de encontro acontece ao lado da igreja com todos os devidos cuidados, evitando aglomerações e mantendo o uso de máscaras. Enquanto um grupo fica na cozinha preparando as marmitas, outro grupo sai para fazer visitas a membros idosos que não têm acesso a internet e não podem acompanhar os cultos on-line.

Acompanhe nossos cultos on-line

Ao chegar nas casas, a serenata acontece no portão e a pessoa visitada pode acompanhar o momento dentro de sua residência. “Quando chegamos para a serenata nós nos apresentamos, falamos sobre a importância do(a) irmão/irmã para a nossa igreja, cantamos um hino, perguntamos se ele(a) tem algum pedido em especial e oramos”, conta Vivian Onishi, componente do grupo que realiza a serenata.

Com 85 anos, Juraci Reis, não tem acesso as redes sociais e a TV Novo Tempo. Ela conta que se sentia muito só por não poder ir até a igreja. E foi surpreendida com a “igreja” indo até ela. “A emoção foi tão grande, parabéns pra vocês que estão fazendo essa obra maravilhosa deixando corações tristes repletos de alegria, saber que não esqueceram de nós me deixa emocionada”, comemora.

Marmitas

Quando o grupo retorna da serenata as marmitas estão prontas para serem entregues. Segundo Noemi Carnelos, responsável pelo ministério ASA(Ação Solidária Adventista) da igreja do bairro Camaquã, todos os sábados são feitas aproximadamente 70 marmitas. Ela conta que o que a motiva a fazer esse trabalho é o seu amor por Deus e pelas pessoas. “Jesus veio aqui e disse para eu amar o meu próximo, mas quem é meu próximo? Meu próximo é aquele que está passando necessidade e eu tenho que abrir meus olhos para isso”, analisa.

Se você gostou da iniciativa, não fique de fora! Procure o departamento ASA da Igreja Adventista mais próxima a você e se informe sobre os projetos solidários que estão sendo realizados na sua comunidade. Ou seja o primeiro a incentivar seus amigos e irmãos de fé a realizarem ações como essa sendo uma bênção na vida de outros.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox