Notícias Adventistas

Fim de semana de incentivo à saúde é realizado na Grande BH

Voluntários realizam feiras de saúde em diversos bairros para incentivar hábitos saudáveis

Voluntários realizam feiras de saúde em diversos bairros para incentivar hábitos saudáveis

Belo Horizonte, MG… [ASN] Quase metade, 49%, da população adulta de Belo Horizonte está com excesso de peso. É o que indica uma pesquisa da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), divulgada este ano pelo Ministério da Saúde do Governo Federal. Com o objetivo de chamar a atenção dos belo-horizontinos para os cuidados com a saúde, fieis da Igreja Adventista do Sétimo Dia realizaram no último fim de semana, 30 e 31 de maio, feiras de saúde em diversos bairros da Grande BH.

Os organizadores também distribuíram gratuitamente 400 mil exemplares do livro Viva Com Esperança em toda a região central de Minas Gerais e no Triângulo Mineiro (Associação Mineira Central).

400 mil exemplares do livro Viva com Esperança foram distribuídos na região central de Minas Gerais

400 mil exemplares do livro Viva com Esperança foram distribuídos na região central de Minas Gerais

“O envolvimento dos fieis adventistas neste projeto foi surpreendente. Eles abraçaram o projeto e também estão buscando uma qualidade de vida melhor. Se tivéssemos um milhão de livros, ainda não seria suficiente para a nossa região”, comentou o pastor José Marcos, presidente da Igreja Adventista para a região central de Minas Gerais e Triângulo Mineiro.

  • Assista:

Presidente da IASD para o centro de Minas Gerais comenta resultados do Impacto Esperança

As feiras de saúde incentivaram a população a incluir na rotina oito hábitos simples, também chamados de remédios naturais. Médicos, enfermeiros, nutricionistas e psicólogos conscientizaram os mineiros sobre a importância de manter uma alimentação saudável; ingerir água regularmente; respirar ar puro; exposição moderada à luz solar; prática de exercício físico; repouso; equilíbrio no trabalho, lazer e relações pessoais e confiança em Deus.

Depois de conhecer cada um dos remédios naturais, os participantes responderam a um Questionário de Hábitos de Saúde para descobrirem a idade biológica, ou seja, saber se o corpo é mais jovem ou mais velho do que aponta a idade cronológica. A idade biológica é influenciada pelo estilo de vida mantido. A dona de casa Maria do Carmo Amaral, de 62 anos, descobriu que tem saúde de uma mulher de 58. Qualidade de vida atribuída a prática de atividade física. “Faço hidroginástica duas vezes por semana, procuro me alimentar melhor, não bebo, não fumo”, comentou a dona de casa.

Ações foram noticiadas pela imprensa mineira

Ações foram noticiadas pela imprensa mineira

A feira de saúde realizada no sábado, 30 de maio, em Contagem (MG) também teve o objetivo alertar a população fumante sobre os males causados pelo tabaco. Numa das principais vias da cidade, a Avenida João César de Oliveira, no bairro Eldorado, crianças chegaram a oferecer rosas para mulheres e maçãs para homens que aceitassem jogar o cigarro no lixo.

A ação antecedeu o Dia Mundial sem Tabaco, vivenciado no domingo 31 de maio, e foi noticiada pela Rede Globo Minas e pela TV Alterosa, afiliada do SBT.

Saúde também é assunto para criança

Os oito remédios naturais também foram tema de uma capacitação realizada para voluntários que atuam no Ministério da Criança das congregações adventistas da Grande Belo Horizonte. Eles foram instruídos a passar o conteúdo de maneira didática e contextualizada com a realidade da criança. De acordo com a líder do Ministério da Criança para a região central de Minas Gerais, Edilene Sthelling, o objetivo é incentivar os cuidados com a saúde desde cedo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

[Equipe ASN, Fernanda Beatriz]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox