Notícias Adventistas

Feira solidária auxilia famílias e comunidade no interior paulista

Parceria com Ceasa beneficia estudantes e moradores de baixa renda que vivem próximo ao Centro Universitário Adventista.

4 de novembro de 2014
Feira-solidaria-auxilia-famílias-e-comunidade-no-interior-paulista2

Moradores chegam cedo ao centro de distribuição para garantir os alimentos da semana.

Engenheiro Coelho, SP… [ASN] São 5h da manhã e a fila para receber os alimentos oferecidos gratuitamente pela Ação Solidária Adventista (ASA) do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, em parceria com a Central de Abastecimento (Ceasa) de Campinas, já começa a se formar. Desde fevereiro deste ano, estudantes e moradores da região têm a oportunidade de adquirir alimentos sem gastar um centavo.

A iniciativa veio do Mutirão de Natal 2013 realizada no campus que, além de arrecadar dinheiro e 280 mil quilos entre alimentos, roupas e brinquedos, possibilitou a parceria com a Ceasa. Como resultado, semanalmente o Unasp se encarrega de buscar 1 tonelada de frutas e verduras e trazer para a distribuição na feira solidária, com o objetivo de atender a famílias de baixa renda da comunidade. Na parceria, o Ceasa também se encarrega pelo combustível gasto nas viagens.

A cada quinta-feira, cerca de 200 pessoas comparecem ao grêmio dos funcionários do campus. Para ter direito a participar do programa é preciso ter cadastro e relatar qual é a renda familiar. Enquanto a fila aumenta, os organizadores entregam fichas de quatro cores diferentes, de acordo com a quantidade de membros que moram na mesma casa. Por volta das 6h da manhã, Edimeia Oliveira Barreto, diretora da ASA na região, ora com todos que ali estão e começa a distribuir os alimentos.

Alívio nas despesas

De forma organizada, cada pessoa recebe as frutas e verduras que mais aprecia. Quando sobra, quem decide esperar até o final pode entrar em uma segunda fila para a redistribuição. Mas, se ainda assim sobrar algum alimento, eles são encaminhados até o núcleo da ASA de Engenheiro Coelho, onde são doados aos moradores. “Aqui nós não deixamos que nenhum alimento seja inutilizado. Nunca sobra para jogar no lixo”, afirma Edimeia.

Feira-solidaria-auxilia-famílias-e-comunidade-no-interior-paulista3

Cerca de uma tonelada de frutas e verduras são distribuídas todas as quintas-feiras.

Antes mesmo do nascer do sol, aproximadamente dez pessoas chegam mais cedo para ajudar na organização do ambiente. Para João Batista, aluno de Teologia no Unasp, sua vida ganhou um novo sentido após começar a ajudar na preparação da feira. “Eu sempre chegava mais cedo para entrar na fila e acabava ajudando o pessoal a esvaziar as caixas de frutas para servir à comunidade. Acabei me engajando e agora venho sempre às 3h e faço parte da equipe”, explica. “Além de ser um benefício para a alimentação da nossa família, aqui na feira a gente sempre conhece alguém novo e acaba se socializando com as pessoas”.

Denilson Souza e sua esposa chegaram às redondezas do Unasp neste ano. Contudo, a dificuldade para encontrar trabalho na região estava impedindo sua estadia no local, assim como o pagamento dos estudos. Ele conta que a feira solidária foi uma das respostas às suas orações. “Se não tivesse a feirinha, eu e minha família estaríamos em uma situação complicada. Mas sei que Deus daria outra solução. Hoje, eu entendo que essa é uma solução dEle”, compartilha.

Ele explica que na região esse tipo de alimento tem um valor alto e se torna muito difícil ter uma alimentação saudável. “Interpreto essa feirinha como um Maná do céu nos dias atuais”, complementa sorrindo.

Feira-solidaria-auxilia-famílias-e-comunidade-no-interior-paulista4

Ação Solidária Adventista (ASA) na região espera renovar parceria com o Ceasa para continuar a distribuição no próximo ano.

Edimeia sente-se privilegiada em poder oferecer auxílio para a comunidade e para os estudantes. “O sentimento que eu tenho é de gratidão a Deus por poder fazer parte deste trabalho maravilho e auxiliar tantas famílias. Nós temos uma equipe muito boa de voluntários que ajudam na distribuição dos alimentos e a qualidade das frutas e verduras que vem da Ceasa é sempre ótima”, assegura.

A parceria com a Ceasa continua até o próximo Mutirão de Natal, que acontece neste ano entre os meses de novembro e dezembro, quando a instituição tentará renovar o contrato para continuar a oferecer o benefício à comunidade. [Equipe ASN, Jenny Caroline Vieira]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox