Notícias Adventistas

Voluntários arrecadam alimentos e pagam contas de famílias

Dinheiro arrecadado também será usado para compra de remédios e fraldas.

Por Renata Paes 8 de abril de 2020

Laryssa Tostes, Cristiane Tostes e Edio Vieira de Souza conseguiram arrecadar cerca de 270 kg de alimentos em uma tarde. (Foto: Arquivo pessoal)

Uma família de Contagem, no interior mineiro, iniciou uma campanha pelo WhatsApp para arrecadação de alimentos e dinheiro que ajudarão famílias com dificuldades de trabalhar por conta do distanciamento social ocasionado pela Covid-19. Até o final desta quarta, 8, foram arrecadados cerca de 300 kg de alimentos e R$1.100.

Tudo começou quando Cristiane Tostes teve a ideia de enviar uma imagem com informações sobre a campanha “Ação Solidária Adventista”. A imagem foi produzida pela filha, Laryssa Tostes, de 19 anos. No arquivo digital consta as informações do projeto. Cristiane selecionou 20 pessoas e encaminhou pelo WhatsApp.

Leia também:

Na terça, 7, ela, a filha e o esposo, Edio Vieira de Souza, usaram o próprio carro para buscar os alimentos nas casas de quem havia se comprometido a doar. Para surpresa da família, durante o Drive-Thru Solidário, descobriram que algumas pessoas arrecadaram alimentos com todos os moradores do condomínio em que residem e entregaram a ela.

“Eu selecionei algumas pessoas que eu já conhecia e sabia que tinham condições de ajudar. Em paralelo, fizemos um outro cartão, para enviar a outras pessoas que precisam de ajuda. Nesse cartão, elas colocaram o que mais necessitavam e percebemos que não era só alimento, mas também ajuda para pagar as contas, remédios e comprar fraldas”, explica Cristiane, que dirige a Ação Solidária Adventista (ASA) do templo que frequenta.

Ela e a família moram no bairro Ouro Branco, em Contagem. Para ir atrás dos alimentos, eles não calcularam distância e percorreram os bairros JK, Eldorado, Sapucaias, São Gonçalo, Santa Helena, Bela Vista, São Cristóvão e Universal. E, para surpresa e felicidade deles, ainda há mais arrecadações para serem coletadas.

“Inclusive hoje já recebi uma mensagem de uma mãe dizendo que já arrecadou no condomínio dela e que é para eu ir lá buscar. Vamos lá amanhã”, enfatiza.

Alimentos estão na casa de Cristiane e vão ser transformados em cestas básicas para doação. (Foto: Arquivo pessoal)

Alívio e esperança

Diante da pandemia, muitas famílias estão desamparadas financeiramente. A Igreja Adventista na região central de Belo Horizonte está incentivando os membros a se envolverem no Projeto Mutirão de Páscoa e, assim, arrecadar alimentos e dinheiro para ajudar quem tanto necessita.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox