Notícias Adventistas

Crianças entregam “Geladotecas” para escola pública de Mato Grosso

Proposta sustentável de Clube de Aventureiros supre falta de biblioteca em unidade de ensino.

Por Dayane Nascimento 29 de outubro de 2019

Alunos da Escola Municipal Ary Leite de Campos escolhem livros da Geladoteca (Foto: Divulgação)

As crianças que participam do Clube de Aventureiros Condutores da Paz Júnior entregaram duas “Geladotecas” repletas de livros para a Escola Municipal Ary Leite de Campos, no bairro Mangabeiras, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. O objetivo é atender a necessidade da unidade que não possui biblioteca.

A iniciativa, que também contou com o apoio do Clube de Desbravadores Condutores de Paz, marca as ações relacionadas à Semana Nacional do Livro e da Biblioteca. Nesta terça-feira, dia 29, é celebrado ainda o Dia Nacional do Livro, data criada em homenagem à fundação da Biblioteca Nacional do Livro, em 1810, pela Coroa Portuguesa.

Leia também:

Apenas 45% das escolas públicas no Brasil possuem biblioteca ou sala de leitura, de acordo com dados do Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019. Especialistas afirmam que a biblioteca escolar é o principal meio de acesso gratuito a livros de literatura. Além de causar impacto positivo no rendimento escolar, aumenta o nível de habilidade em leitura.

Sara Jane de Campos, diretora da Escola Ary Leite de Campos, explica que os professores usam a criatividade para contornar a falta da biblioteca ou de uma sala de leitura. “Além de incentivar o hábito na própria sala de aula, penduramos os livros nas árvores do pátio para que os alunos sejam atraídos e aproveitem os intervalos ou o horário de recreação para ler”, conta.

Objetivo do projeto Geladotecas é incentivar o gosto pela leitura (Foto: Divulgação)

Proposta criativa e sustentável

Adriane Felipe dos Reis, uma das organizadoras do projeto Geladotecas e diretora do clube de desbravadores, conta que a ação tem o objetivo de atender tanto o ensino regular quanto incentivar a descoberta do prazer pela leitura. “Por isso decidimos presentear a escola com duas Geladotecas, uma com títulos infantis para leitura e entretenimento, e a outra livros voltados para pesquisa dos alunos e dos próprios professores”, detalha.

“É também uma proposta sustentável, pois foram reformadas e pintadas duas geladeiras velhas que iriam para o lixo. Dando à elas, assim, um novo significado: o de incentivar a leitura”, afirma Marinete Jose da Silva , diretora do clube de aventureiros e uma das organizadoras da ação. Sophye Reis de Oliveira, de oito anos, participa dos aventureiros e ajudou ativamente no preparo das geladeiras. “Junto com minha mãe, limpei elas por dentro antes de serem pintadas e adesivadas. Estou muito feliz de ter ajudado essas crianças, porque a melhor parte da vida é aprender!”, garante Sophye.

“Nós sempre estamos desafiando os diretores de clubes a serem criativos e aqui está um exemplo disso”, contou o pastor Luiz Fernando Cardoso, responsável pela área de Aventureiros e Desbravadores para todas as Igrejas Adventistas no Mato Grosso. “Nós agradecemos aos Desbravadores e Aventureiros por este trabalho tão importante que é desenvolvido e por presentear a comunidade escolar com as Geladotecas”, declara Sílvio Aparecido Fidelis, Secretário Municipal de Educação de Várzea Grande.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox