Notícias Adventistas

Cozinha Solidária distribui alimentos para pessoas de baixa renda

No interior da Bahia, voluntários entregam refeições, alimentos, roupas e viabilizam atendimentos odontológicos gratuitos

Por Pedro Farias 11 de setembro de 2021

O projeto chega a distribuir 55 litros de sopa para 120 pessoas por semana. (Foto: Ivo Araujo)

O projeto Cozinha Solidária alimenta pessoas de baixa renda em Umburanas, na Bahia, um município com média de 20 mil habitantes a 448 km de Salvador. A cozinha está instalada no templo adventista central da cidade e conta com uma equipe de 16 voluntários que preparam e distribuem refeições gratuitamente para as comunidades carentes da região. O propósito é contribuir para a erradicação da fome, suprindo as necessidades nutricionais das pessoas em situação de vulnerabilidade econômica.

A iniciativa foi idealizada por um grupo de cinco mulheres, que iniciou uma pequena produção semanal de refeições. Cada voluntária cozinhava em sua própria casa. “A Cozinha Solidária começou em meu Pequeno Grupo e nós arrecadávamos alimentos na feira, e preparávamos sopa para servir nos bairros carentes da cidade. A gente fazia um caldo de macaxeira e um balaio de pão. Hoje, estou muito feliz com o resultado, e muita gente está de barriga cheia”, disse a voluntária Rosa Ribeiro.

Leia também:

Com o desejo de contribuir para que todos possam ter acesso a uma refeição de qualidade, a Cozinha Solidária começou sem estrutura física, sem equipamentos adequados, falta de um local físico e recursos para compra de alimentos para produção em grande escala. Foi então que os voluntários escreveram a proposta para um programa social da empresa que a jovem Fernanda Fernandes trabalha e ganharam todos os equipamentos necessários. “A empresa recebeu o projeto e o selecionou para receber o auxílio. Foi graças a isso que recebemos toda a cozinha e os utensílios para desenvolver o que foi sonhado”, pontuou Fernanda.

Ajudando de todas as formas

Mais de 150 moradores já foram alimentados. (Foto: Ivo Araujo)

Entre os dias 30 de agosto e 3 de setembro, os adventistas de Umburanas promoveram uma semana de ação social no município, através da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA), em parceria com o Instituto Água Viva. As comunidades carentes receberam doações de roupas, cortes de cabelo gratuitos, cestas básicas e sopa preparada pela Cozinha Solidária.

A lavradora Jessica Pereira conseguiu roupas pra toda a sua família. “Eu sou mãe de quatro filhas e moro com meu esposo. Peguei roupa para as crianças e uma blusa pra mim. Acredito que vai servir bastante. Aqui em Umburanas é difícil receber doação. Está sendo muito bom e eu estou feliz”, expressou.

Procedimentos odontológicos como limpeza e extração foram os mais solicitados. (Foto: Ivo Araujo)

Os moradores da região também foram beneficiados com atendimento odontológico gratuito. Ana Paula Pereira fez limpeza nos dentes pela primeira vez e agradeceu bastante pelo suporte que recebeu. “Aqui é uma cidade que não tem dentista. Eu cheguei no posto com meu dente doente e não consegui resolver meu problema, mas aqui com essa van eu pude fazer limpeza nos meus dentes”, agradeceu.

Município abençoado

Em apenas uma semana, 95 pacientes foram atendidos e a clínica móvel do Instituto Água Viva realizou mais de 230 procedimentos odontológicos. Mais de 40 litros de sopa foram distribuídos para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Janilde Correia foi a voluntária que liderou a iniciativa. Ela agradeceu o apoio que recebeu para ajudar a população.

“Nós percebemos que o objetivo está sendo alcançado: levar esperança e salvar mais pessoas por meio dessas ações. Estamos alimentando não só o físico mas também o psicológico. Só temos a agradecer a todas as pessoas que tem visto nosso trabalho com um olhar especial. Vale a pena servir!”, declarou Janilde. As famílias ainda foram contempladas com 367 cestas básicas doadas pelos voluntários adventistas.

Autoridades locais acompanharam a ação (Foto: Ivo Araujo)

Durante a pandemia da covid-19, a Igreja Adventista do Sétimo dia realizou campanhas solidárias no município. Com autoridades locais, o pastor Cleiton Motta, líder dos adventistas na região norte da Bahia, esteve neste último movimento social, apoiando como voluntário aqueles mais necessitados. “A Igreja busca fazer a diferença na vida do próximo, colocando em prática o método de Cristo de se misturar com as pessoas, ver as necessidades delas e depois ganhar a confiança de cada uma. Foi assim que Cristo fez para depois dizer: segue-me!”, afirmou.


Você também pode receber esse e outros conteúdos diretamente no seu dispositivo. Assine nosso canal no Telegram ou cadastre seu número via WhatsApp.

Quer conhecer mais sobre a Bíblia ou estudá-la com alguém? Clique aqui e comece agora mesmo.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox