Notícias Adventistas

Cerca de 1600 calebes trocam férias por trabalho comunitário

Com o trabalho dos calebes, estima-se que mais de 500 pessoas sejam batizadas até 31 de julho

28 de julho de 2015
Em cada local, os calebes usaram a criatividade para atender as necessidades da comunidade. No Cruzeiro do Sul (AC), por exemplo, os calebes plantaram mudas em bairro e realizaram  evangelismo durante 12 noite.

Em cada local, os calebes usaram a criatividade para atender as necessidades da comunidade. Em Cruzeiro do Sul (AC), por exemplo, os calebes plantaram mudas em bairro e realizaram evangelismo durante 12 noites.

Porto Velho, RO… [ASN] Julho é o mês que os alunos deixam de estudar para aproveitar as férias. Porém, cerca de 1600 jovens deixaram de viajar, ficar com a família ou em casa para fazer trabalhos comunitários em Porto Velho, no norte de Rondônia, e no Acre.

As ações envolvem atendimento em quase 100 pontos específicos em Porto Velho, por exemplo, com atendimento médico, orientação sobre saúde através dos oito remédios da natureza, entre outros.

Um dos pontos de atendimento aconteceu na Igreja Adventista do bairro JK 1, na capital, das 19h30 às 21h, de domingo a sexta, onde foram oferecidos cursos de culinária, corte e costura, orientação na área de saúde, curso de eletricista, entre outros. Os cursos tiveram duração de uma semana e a formatura aconteceu em cada sexta, com a entrega de certificados.

Na comunidade Nazaré os calebes, juntamente o Instituto Kaleo, reformaram a Igreja Adventista que estava inativa por quase dois anos, em decorrência da enchente do Rio Madeira

Na comunidade Nazaré os calebes, juntamente o Instituto Kaleo, reformaram a Igreja Adventista que estava inativa por quase dois anos, em decorrência da enchente do Rio Madeira

“O projeto, que engloba esses jovens, chama-se Missão Calebe e trata-se de um programa voluntário, que desafia os jovens adventistas a dedicarem suas férias para a obra social, oferecendo mais amor e utilidade pública à comunidade. ”

Vencendo os desafios

Cerca de 50 calebes percorreram uma viagem de barco e terra para chegar ao vilarejo de Nazaré, a 120 quilômetros da capital rondoniense. Por lá, os calebes, juntamente com os voluntários do Instituto Kaleo, reformaram a Igreja Adventista que ficou impossibilitada de ser usada depois da enchente do Rio Madeira em 2013 e 2014. À noite todos puderam louvar no templo, que estava parado há quase dois anos.

Calebes em Cruzeiro do Sul, Acre

 A Missão Calebe foi noticiada pela TVRondônia, afiliada à Rede Globo, pelo portal NewsRondônia e no programa Toda Manhã, na RedeTV local, com transmissão para todo o Estado de Rondônia.


A Missão Calebe foi noticiada pela TVRondônia, afiliada à Rede Globo, pelo portal NewsRondônia e no programa Toda Manhã, na RedeTV local, com transmissão para todo o Estado de Rondônia.

Na cidade de Cruzeiro do Sul, uma das últimas do Acre, os calebes fizeram plantio de mudas no bairro Santo Antônio, além das 12 noites de evangelismo, palestras sobre primeiros socorros e atendimento médico para a população no último domingo, dia 26 de julho.

Para a participante e uma das organizadoras das ações na cidade Michelly Oliveira, valeu a pena o empenho em participar. “O trabalho é cansativo, mas valeu muito a pena. É gratificante no final, pois a gente sai com o sentimento de dever cumprido”, afirma.

Com todas as ações no norte de Rondônia e no Acre, estima-se que mais de 500 pessoas sejam batizadas até o dia 31 de julho. Segundo o responsável pelos calebes nessa região, pastor Marcello Cutrim, a Missão Calebe é um dos meios mais viáveis para levar Cristo até as pessoas. “O objetivo é pregar o evangelho, mas temos várias maneiras de fazer isso. Os calebes estão desenvolvendo ações sociais, convidando a comunidade para ouvir a palavra de Deus e também realizar cursos, entre outros métodos para envolvê-los, que vão ajudar na vida diária e, assim, levar um Cristo que se preocupa com suas necessidades”, salienta.

Calebes no Brasil e em sete países da América do Sul

A Missão Calebe acontece no período de férias escolares (janeiro e julho) em todo o Brasil e em mais sete países da América do Sul (Peru, Bolívia, Uruguai, Paraguai, Argentina, Chile e Equador). Só em julho de 2014, no Brasil, 45 mil pessoas participaram do Calebe. [Equipe ASN, Vanessa Lemes]

Confira algumas fotos das ações dos Calebes no norte de Rondônia e no Acre no Facebook da Associação Amazônia Ocidental. Nesta sexta-feira, 31, você pode conferir a matéria da Missão Calebe no Revista Novo Tempo, às 20h (horário de Brasília).

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox