Notícias Adventistas

Carreta Solidária oferece atendimento gratuito a 120 famílias carentes

Unidade Móvel da ADRA prestou serviços de lavanderia dentro do estacionamento de um supermercado

20 de agosto de 2018

Por Vanessa Moraes

Durante os dias de ação foram lavados 2,4 mil quilos de roupas de cama e banho (Foto: Elvis Natali)

Entre os dias 5 e 11 de agosto, uma Unidade Móvel da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) prestou serviços de lavanderia a moradores carentes da Cidade Tiradentes, um bairro da zona Leste da capital paulista. No total, 120 famílias foram beneficiadas durante os seis dias de atendimento. Para obter mais visibilidade e oferecer segurança, a Carreta Solidária ficou instalada no estacionamento do supermercado Extra.

Leia mais:

O projeto, coordenado pela Ação Solidária Adventista (ASA) da Associação Paulista Leste, recebeu o nome de Compassion Tiradentes. O termo deriva do movimento Compassion, uma iniciativa do Ministério Urbano da Igreja Adventista que surgiu para atender as necessidades dos moradores da Grande São Paulo. Refere-se à demonstração prática de amor ao próximo somada à pregação do evangelho por meio de ações sociais e espirituais.

Processo de lavagem

Todas as manhãs, 20 senhas foram distribuídas. As famílias preencheram um cadastro e deixaram as roupas de cama, mesa e banho aos cuidados dos voluntários envolvidos na ação. Após serem etiquetadas para facilitar a identificação, as peças foram levadas às máquinas. “Orientamos as pessoas que receberam até a senha dez que voltassem ao meio-dia para a retirada das peças. A partir da senha 11, pedimos que retornassem no final da tarde”, explica Cristiane Maximiano, que atua em projetos da Unidade Móvel da ADRA há alguns meses e, junto ao marido, coordenou uma equipe com média de oito voluntários na Carreta Solidária.

A organização dos horários tem a ver com o funcionamento das lavadoras. Duas delas realizam todo o processo. Cada ciclo de lavagem suporta 20 quilos e dura cerca de 50 minutos. O único trabalho manual consiste em colocar e retiras as peças, pois a própria máquina injeta produtos como bactericida, detergente, hipoclorito e amaciante nas roupas. Durante os dias de ação foram lavados 2,4 mil quilos de cobertores, edredons, mantas, toalhas, colchas, lençóis e fronhas.

Benefício à população

Karline Braga é dona de casa e soube da Carreta Solidária através de sua vizinha. Ela conta que em casa teria dificuldades para lavar cobertores. “Minha máquina é pequena, as peças não cabem lá dentro. Além disso, moro em apartamento e pendurar peças grandes é um desafio. Sem contar a secagem, que demora muito devido ao frio. Essa ação de vocês é uma bênção, pois agora terei cobertores limpos e cheirosos”, compartilha.

Dona Maria de Lourdes da Silva também é dona de casa e aprovou a ação. No horário do almoço ela retirou as peças que havia deixado pela manhã e conferiu que todas estavam limpas. “Sou de idade e tenho dificuldades para lavar roupas. Graças a Deus vocês estão aqui para me ajudar. Estou muito feliz por essa ajuda”, agradece.

A prefeitura regional também apoiou a ação. De acordo com o prefeito regional, Oziel Evangelista de Souza, iniciativas como o Compassion Tiradentes não são comuns no local. “Fico muito feliz pela Carreta Solidária estar aqui na Cidade Tiradentes realizando essa bela ação social em prol da população mais carente do nosso bairro”, ressalta.

Corte de cabelo foi um dos 21 serviços gratuitos oferecidos no Domingo Solidário (Foto: Elvis Natali)

Domingo Solidário

No dia 5 de agosto aconteceu também o Domingo Solidário, uma espécie de Feira de Saúde que ofereceu 21 serviços gratuitos para mais de 400 moradores. Foram 55 voluntários espalhados em stands para atender a população nas áreas de saúde, beleza e cidadania. E as crianças não ficaram de fora. Pipoca, brinquedos e campeonato de embaixadinhas foram algumas atrações que trouxeram diversão aos pequenos.

Pregação do evangelho

O Compassion Tiradentes faz parte do Evangelismo Integrado de Colheita (EIC), um projeto da Igreja Adventista que existe há dez anos e se originou na União Central Brasileira, sede que administra a Associação Paulista Leste e mais sete campos administrativos da Igreja no Estado de São Paulo.

A cada ano, um campo da União realiza o projeto. Em 2018 foi a vez da Paulista Leste. A proposta do programa é treinar e capacitar pastores para serem evangelistas. As pessoas beneficiadas pelas ações sociais serão visitadas para receber estudos bíblicos e orações. Quem sentir o desejo de ser batizado terá essa oportunidade no dia 20 de outubro, na finalização do programa.

O local escolhido para sediar o EIC foi o distrito de Cidade Tiradentes. Segundo o pastor Jair Miranda, líder de ASA da Associação Paulista Leste, o bairro foi escolhido porque abriga o maior complexo de conjuntos habitacionais da América Latina. “Queremos fazer a diferença na vida dessas pessoas. A igreja vai onde as pessoas estão”, finaliza.

Abaixo, saiba mais sobre a realização da ação:

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox