Notícias Adventistas

Câmara de vereadores reconhece campanha Mutirão de Natal em cidade Norte catarinense

Projeto recebeu moção de aplauso, aprovada com unanimidade

27 de novembro de 2014

DSC04720 - Copia - CopiaSão Miguel do Oeste, SC… [ASN] A Igreja Adventista de São Miguel do Oeste foi homenageada na noite de quinta-feira (20), na Câmara de Vereadores da cidade. O reconhecimento partiu de uma proposta da vereadora Maria Tereza Capra, por conta da campanha Mutirão de Natal. O projeto recebeu uma moção de aplauso, aprovada por unanimidade na sessão ordinária. O reconhecimento foi entregue à coordenadora da campanha, a empresária Léa Costa Lima, juntamente com um grupo de adventistas que acompanhou a sessão da câmara.

Em sua justificativa, a vereadora Maria Tereza trouxe à tona um histórico do projeto solidário desde seu início na Igreja Adventista de Botafogo (RJ), por meio do casal Sérgio e Marli Azevedo. Durante a fala, mostrou também os resultados do mutirão nos sete anos de existência da campanha em São Miguel do Oeste. “Esta é uma ação digna de aplauso”, destacou.

No fim, a vereadora fez um apelo àqueles que ainda não eram colaboradores do projeto. Em seguida, fez questão de ressaltar sua admiração pela seriedade, organização e dedicação dos membros da igreja na campanha.

Outros vereadores destacaram de maneira positiva, a ação e a postura dos adventistas na região. O vereador Gilberto Berté falou da emoção de visualizar os procedimentos do Mutirão de Natal – desde os primeiros esforços na localidade – por ter uma empresa em frente à igreja. “As pessoas que participam da Igreja Adventista são diferentes. Ser homenageado [apenas] com uma moção de aplauso é pouco por aquilo que este grupo faz”, ressaltou Berté.  Já o vereador Cláudio Barp, ressaltou a forma de como as pessoas são abordadas pelos membros. “Quero ressaltar a educação com que eles chegam às casas, falando dos objetivos da campanha e da destinação daquilo que recebem”, enfatiza.

O vereador Idemar Guaresi, que já contribui com a campanha há algum tempo, afirmou que sempre estará disposto a ajudar na arrecadação de itens para as comunidades carentes, além de parabenizar a igreja e projeto.

Feliz pelo reconhecimento, a coordenadora da campanha, Léa Costa Lima, entende que os resultados podem ser vistos, não apenas pelos que recebem as doações, mas também por aqueles que participam. “É uma campanha contagiante e todos os que participam dela se modificam de alguma forma”, conclui Léa [Equipe ASN, Willian Vieira, com colaboração de Renata Serpa].

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox