Notícias Adventistas

Impacto Esperança alcança cidade catarinense e voluntários continuam trabalho de um ano atrás

Atividades missionárias que começaram no Impacto Esperança de 2017 tiveram neste fim de semana mais uma etapa, uma Feira de Saúde

27 de maio de 2018

Livros missionários foram entregues durante Feira de Saúde realizada neste fim de semana

Por Daniel Gonçalves

Um trabalho que começou no Impacto Esperança de 2017 alcançou um ano de atividades neste fim de semana. Tudo começou em uma tarde chuvosa, quando a classe da Escola Sabatina Jovem Mais, da igreja adventista central de Florianópolis, visitou o bairro Cachoeira, em Biguaçu. “A gente queria fazer um trabalho de entrega do livro em um local sem presença de uma igreja adventista e nos surpreendemos com o que aconteceu”, lembra Edson Nunes, um dos líderes da classe.

Na distribuição, um dos livros chegou nas mãos das irmãs Thalia e Tuane Nascimento. Elas estavam há algumas semanas com um desejo diferente –  queriam dar estudos bíblicos para seus colegas. “A gente brincava aqui na rua e nossos amigos e amigas falavam muito palavrão e alguns até falavam em facção e crime. Aí minha mãe lembrou que podíamos dar estudos bíblicos para esses amigos para eles pensarem em coisas certas”, lembra Thalia. Logo a classe, com desejo missionário, e as irmãs, com intenção de ajudar os amigos, se uniram e duas semanas depois o primeiro estudo estava sendo ministrado em um casebre do bairro.

A cada semana dois ou três membros da classe dirigiam cerca de 40 quilômetros para auxiliar nos estudos bíblicos, e logo faltou espaço no casebre. “A gente decidiu ajudar financeiramente e conseguimos reformar e alugar uma casa para projeto. Nesta casa oferecemos os estudos bíblicos para as crianças e começamos a alcançar os adultos através de trabalhos assistenciais. Hoje temos 12 crianças estudando a Bíblia e outros 12 adultos”, acrescenta Edson Nunes.

Recentemente, a classe juntamente com as irmãs, fundaram um clube de Desbravadores no dia 6 de maio, e neste Impacto Esperança de 2018, além da entrega dos livros missionários, uma Feira de Saúde foi realizada, mostrando os oito remédios de Deus e trabalhos preventivos com crianças. “Fiquei feliz com a quantidade de crianças que vieram. Mostramos a importância da higiene oral. Através das crianças podemos mudar o pensamento da sociedade, inclusive essa aqui da Cachoeira em Biguaçu”, ressalta o dentista Roberto Oliveira Otero.

A mudança já é visível na comunidade, em especial nas crianças. “Tudo isso tem ajudado a mudar o pensamento dos nossos amigos. Eles já estão diferentes e isso é visível com o clube de Desbravadores cheio”, comemora Tuane Nascimento.

A partir da próxima semana uma nova fase do projeto começará, com um evangelismo de tenda liderado pela equipe da Rádio Novo Tempo de Florianópolis. “A gente não vai parar porque a mensagem de Deus precisa alcançar todas as pessoas”, conclui Edson Nunes.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox