Notícias Adventistas

Bahia e Sergipe lançam meta de 500 toneladas de alimentos para o Mutirão de Natal

Por Heron Santana 29 de outubro de 2019

O Mutirão de Natal na Bahia e em Sergipe contará com apoio e treinamento do escritório regional da ADRA

Nesta terça, 29 de outubro, representantes da União Leste Brasileira, sede da Igreja Adventista do Sétimo Dia para Bahia e Sergipe, lançaram o Mutirão de Natal, iniciativa solidária que envolve os adventistas em uma campanha de segurança alimentar com doação de cestas de alimentos não perecíveis durante o período natalino.

O pastor Manoel Chaves, líder da Ação Solidária Adventista para os dois estados nordestinos, apresentou a meta de 500 toneladas de alimentos a serem arrecadados a partir de agora. “Sonhamos com o alvo de 2 toneladas de alimentos para cada distrito pastoral do território baiano e sergipano”, afirmou.

Pastor Stanley Arco apelou para uma campanha com criatividade para ampliar possibilidades de arrecadação

O lançamento contou com a participação do pastor Stanley Arco, presidente da União Leste Brasileira. O líder fez um apelo para que voluntários envolvessem as igrejas com criatividade para ampliar as possibilidades de arrecadação de alimentos. “Tenho certeza que Bahia e Sergipe vestirão a camisa e darão o testemunho de um lindo engajamento nesta campanha”, disse.

Para Manoel Chaves, a iniciativa da Igreja oferece aos voluntários a oportunidade de testemunhar de Jesus Cristo. Enfatizando o lema da campanha, “Podemos Fazer Mais”, Chaves motivou voluntários a estarem atentos na comunidade para ir além da doação de alimentos e provocar mudanças sólidas na vida das pessoas. “Além da cesta, é possível oferecer o acolhimento, a amizade, o carinho; quem sabe até ir além e convidar uma família carente para participar da ceia em sua casa, em algum momento”, aconselhou, falando para colaboradores da sede da Bahia e Sergipe.

Além da cesta, voluntários podem oferecer acolhimento e convite para ceia, sugeriu o pastor Manoel Chaves

O Mutirão de Natal é uma iniciativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia iniciada em 1994. A ideia era reunir alimentos e roupas para entregar a pessoas necessitadas durante as datas comemorativas do final do ano, especialmente no Natal. Atualmente, o projeto é bastante conhecido na comunidade e mostra força para mobilizar a igreja em favor da solidariedade.

Este ano, o escritório regional da ADRA (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais) para Bahia e Sergipe está colaborando com a campanha, oferecendo treinamento para voluntários. “Além da capacitação, também estamos disponibilizando documentos para quem desejar fazer parcerias com empresas e comércio de alimentos”, disse Luiz Fernando, diretor regional da ADRA para Bahia e Sergipe.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox