Notícias Adventistas

Projetos Sociais

Agência Adventista presta ajuda às vítimas do ciclone Pam

Catástrofe dessa natureza nunca havia ocorrido na localidade. Mais de 65 mil pessoas foram afetadas.


  • Share:
Agencia-Adventista-presta-ajuda-as vitimas-do-ciclone-Pam

Especialistas estimam que levará muito tempo para reconstruir os danos causados pela passagem do ciclone Pam.

Brasília, DF… [ASN] O ciclone Pam, que atingiu o nível 5, devastou a capital de Vanuatu, Port Vila, no último fim de semana. Os meios de comunicação informaram que o fenômeno natural foi um dos mais poderosos que ocorreu nos últimos anos no Pacífico Sul. Ademais, sabe-se que o Pam é a tormenta mais forte que atingiu a Terra desde o tufão devastador que atingiu as Filipinas em 2013. Foram afetadas 65 mil pessoas, sem contar a população das ilhas vizinhas, que é de 33 mil habitantes. A Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA), presente na ilha, está prestando socorro às vítimas.

“Assegurar água potável, alimento suficiente, especialmente às mães e bebês, será a prioridade”, disse Mark le Roux, diretor nacional da ADRA em entrevista telefônica ao The New York Times.

Sem muitos detalhes, a ADRA Espanha informou, por meio de sua conta no Facebook, que 10 membros da equipe da ADRA Vanuatu estão desaparecidos. Eles estão sendo procurados na esperança de serem encontrados.

Apelo internacional

Agencia-Adventista-presta-ajuda-as vitimas-do-ciclone-Pam2

A maioria dos moradores da ilha, localizada no Pacífico Sul, perdeu tudo.

Baldwin Lonsdale, presidente de Vanuatu, fez um apelo à solidariedade internacional diante da desolação provocada em Vanuatu, com casas destruídas, árvores caídas, estradas bloqueadas e pessoas que vagam pelas ruas em busca de ajuda. Até mesmo um dos centros de abrigo sofreu danos e as famílias tiveram de se refugiar em outros locais.

A Organização das Nações Unidas (ONU) destacou que há um número, não confirmado, de pelo menos 44 mortes em uma única província, faltando ainda o número das demais zonas atingidas. Devido ao alcance máximo do ciclone, a ADRA Internacional fez um apelo para doações por meio de sua página na web e também por orações em favor das vítimas deixadas pela passagem do Pam.

“Uma catástrofe dessa magnitude jamais ocorreu na história recente de Vanuatu, especialmente quanto ao alcance do dano potencial e da ferocidade da tormenta”, afirmou Sune Gudnitz, responsável pelo escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários no Pacífico.

A diretora executiva da Unicef, Viven Maidaborn, também se referiu à tragédia ao dizer que “embora seja muito cedo para afirmar com certeza, os primeiros relatórios indicam que esta catástrofe natural pode ser uma das piores na história do Pacífico”.

Roux também afirmou que a ADRA conta com “20 centros de abrigo, com cerca de duas mil pessoas, [e que] alguns de nossos centros têm capacidade para abrigar 300 pessoas que compartilham de um único banheiro”, informou. [Equipe ASN, Cárolyn Azo, com informações da CNN, ADRA Espanha e Adventist Review]

Assista um vídeo breve que mostra a devastação: