Notícias Adventistas

Adventistas da grande BH se mobilizam para ajudar desbravador com Leucemia

“Noite do Açaí", Bazar Solidário, sessões fotográficas, outdoor pela cidade, e muitas outras ações estão sendo promovidos, com o intuito de arrecadar recursos para a compra do medicamento que pode salvar a vida de Davi.

Por Renata Paes 20 de dezembro de 2019

À esquerda, Davi com o uniforme do Clube de Desbravadores. À direita, Davi em fase de tratamento na Santa Casa de BH. (Foto: Divulgação)

Neste sábado (21), a partir das 19h, haverá a “Noite do Açaí”, com direito a musical especial. O evento, com entrada gratuita, será sediado no Centro Popular de Cultura Frei Chico, localizado na rua José Teixeira de Oliveira, bairro Santa Cruz, em Betim.

A programação, organizado por um grupo de membros da Igreja Adventista Central de Betim, tem como foco ajudar o jovem desbravador, Davi Araújo da Silva, de 16 anos, que está internado na Santa Casa de Belo Horizonte, há quatro meses.

Amigos se mobilizaram e decidiram, por iniciativa própria, realizar eventos para ajudar o Davi. (Imagem: Divulgação)

Davi foi diagnosticado com leucemia linfoide aguda, que é um tipo de câncer do sangue. Segundo os familiares, já passou por três sessões de quimioterapia, que não foram suficientes para reduzir as células cancerígenas no organismo.

O irmão de Davi, Lucas Araújo da Silva, de 23 anos, conta que a esperança para a melhora no tratamento está no medicamento blinatumomab, que não é fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Logo, a família precisa de R$ 490 mil para a compra do remédio, que tem a possibilidade de curar Davi.

Enquanto o medicamento não é adquirido, Davi segue para a quarta fase da quimioterapia. “ O Davi ficou muito triste quando percebeu que a ‘quimio’ não estava surtindo resultado. Ele continua fazendo, embora não reduza a quantidade de células cancerígenas, os médicos disseram que também não permite o avanço”, enfatiza o irmão.

Jovem Adventista

De camisa azul, Lucas Araújo (irmão). Abraçada ao Lucas está a Cristina Araújo, mãe de Lucas e Davi. De boné, Davi, que abraça o pai, Moisés Gonçalves. (Foto: Arquivo pessoal)

Davi é adventista desde berço e integra o Clube de Desbravadores Aliança Eterna, da Igreja Adventista Central de Betim, na qual os familiares e ele fazem parte. Durante os cultos, Davi usava as habilidade na sonoplastia.

A família descobriu a doença ao perceber que o jovem começou a emagrecer rapidamente. Em seguida, passou a reclamar de dores constante na cabeça. Até que em 30 de agosto, foi até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de Betim, e os exames mostraram anormalidade no sangue.

Ele ficou internado por uma semana até ser transferido para a Santa Casa. No hospital, veio o diagnóstico do câncer. O resultado do exame mostrou 94% das células de sangue cancerígenas . Desde 30 de agosto, Davi não voltou mais para casa.

Os pais, Moises Gonçalves da Silva, de 55 anos, e Cristina Araújo da Silva, de 43 anos, trabalham no atendimento de uma lanchonete. Devido o valor do remédio, a professora Ana Lúcia Lotério Simões, de 35 anos, com mais um grupo de amigos, tomou a iniciativa de promover a “Noite do Açaí”. De acordo com Ana Lúcia, cerca de 300 pessoas já confirmaram a presença e encomendaram o açaí antecipadamente.

“Conheço o Davi desde pequeno. Eu que ajudei a organizar o chá de bebê da mãe dele. Eu sei que, às vezes, ele passa por momentos difíceis, mesmo assim está sempre sorrindo. Ele tem uma fé que eu nem imaginava”, diz ela.

Além da “Noite do Açaí”, Ana Lúcia, juntamente com Noele Alves e outros colaboradores, já organizam um bazar com sorteio solidário, em 28 de dezembro, a partir das 19h, na Escola Municipal Barão do Rio Branco, que fica na Estrada de Esmeraldas, s/n, no bairro Vianópolis, em Betim. O ingresso está no valor de R$ 10, com direito a dois pedaços de torta e copo de suco.

Há ainda quem se ofereceu para produzir ensaios fotográficos individuais, de gestante, infantil e casal, por apenas R$ 50, para ajudar no tratamento do Davi. (Imagem: Divulgação)

 

QUER AJUDAR?

Há inúmeras formas. Entre elas, participar dos eventos, realizar depósitos ou transferências bancárias para a conta no Banco do Brasil, no nome de DAVI ARAUJO DA SILVA, CPF 14875475608, na agência 80730, na conta 4660-4, modalidade conta poupança, variação 51.

A Vaquinha online é outra possibilidade. Basta acessar o endereço eletrônico vaka.me/828216.

A família mora no bairro Alterosa, em Betim. Quem quiser visitar, levar alguma ajuda pessoalmente, saber informações sobre o Davi, o tratamento, basta entrar em contato com a família, no contato 31 99523 1211.

Outdoor colocado em via movimentada da cidade, para que mais pessoas possam saber e colaborar na campanha #TodosJuntosPeloDavi (Foto: Divulgação)

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox