Notícias Adventistas

Adventistas aderem à campanha municipal de Cadastro de Medula Óssea

Segundo dia do Cidade Esperança foi marcado também pela entrega de uma tonelada de alimentos à famílias carentes.

9 de outubro de 2015

Durante a manhã de hoje (08), diversos voluntários do Cidade Esperança estiveram no Ceadas, motivando as pessoas que passaram por lá para fazerem o cadastro como possíveis doadores de medula óssea e se disponibilizando a doarem também.

Rondonópolis, MT… [ASN] Durante a manhã desta quinta-feira, 8, diversos voluntários do Cidade Esperança, projeto da Igreja Adventista do Sétimo Dia, estiveram no Centro de Especialidades e Apoio Diagnóstico Albert Sabin (Ceadas), em Rondonópolis, motivando as pessoas que passaram por lá para fazerem o cadastro como possíveis doadores de medula óssea e se disponibilizando a doarem também. A campanha de cadastramento é uma parceria da Secretaria de Saúde com o MT Hemocentro, Banco de Sangue credenciado pelo Governo Federal, em Cuiabá.

“A Igreja Adventista promove anualmente o projeto Vida por Vidas, no qual é incentivada a doação de sangue e medula óssea. Não podíamos deixar de abraçar esta campanha da Secretaria Municipal de Saúde aqui de Rondonópolis exatamente na semana em que diversas ações sociais do projeto Cidade Esperança estão sendo realizadas para a comunidade”, afirma o pastor Levino Oliveira, presidente da Igreja Adventista de Mato Grosso.

Existem aproximadamente 70 doenças que afetam a medula óssea e a única chance de cura é através do transplante. Em Rondonópolis, mais de 1200 pessoas aguardam por um doador compatível. “São duas fases: o cadastramento e em seguida a doação. No cadastramento é feita a coleta de apenas 5 ml de sangue que será analisado por um laboratório e enviado para um banco de dados chamado Registro de Doadores de Medula (Redome). Após a validação do cruzamento genético do paciente e do doador, é feito um procedimento simples e rápido de pulsão para a coleta da medula. Não existem sequelas, nem afastamento por longos períodos das atividades do cotidiano”, explica Astrid Sachetti Guimarães, voluntária na campanha de cadastramento.

A voluntária do projeto Cidade Esperança Coraci Moreira Nelis da Silva se cadastrou e agora está à disposição para doar.

A voluntária do projeto Cidade Esperança Coraci Moreira Nelis da Silva se cadastrou e agora está à disposição para doar.

A voluntária do projeto Cidade Esperança Coraci Moreira Nelis da Silva se cadastrou e agora está à disposição para doar. “Se temos saúde é porque Deus nos deu. Como deixar de ajudar outras pessoas através de uma atitude tão simples?”, declara. Para a Secretária Municipal de Saúde, Marildes Ferreira, a ação foi uma forma de também agradecer e motivar os profissionais da área da saúde. “Esta ação da Igreja Adventista do Sétimo Dia nos motiva e nos deixa emocionados. Estes voluntários vieram para nos agradecer e nos incentivar a continuarmos desenvolvendo o nosso trabalho da melhor maneira possível”, destaca.

O segundo dia do Cidade Esperança foi marcado, ainda, pela entrega de cerca de uma tonelada de alimentos, organizados em cestas básicas, à diversas famílias carentes da cidade.

Cidade Esperança

As ações do projeto Cidade Esperança começaram na quarta,7, em Rondonópolis. Além da participação na Campanha de Cadastro de Medula Óssea, os voluntários levaram cestas básicas para os residentes da Casa Esperança, livros e Bíblias para os internos do Sistema Socioeducativo, carinho e atenção para o Lar dos Idosos e uma mensagem de esperança para os detentos da Penitenciária Major Eldo Sá Correa, conhecida como Presídio Mata Grande.

“Os resultados são visíveis. Estes voluntários estão unidos para levar carinho e esperança para outras pessoas que nos perguntam quem somos e da onde somos”, diz o pastor da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Rondonópolis, Wesley de Oliveira.

A programação do projeto Cidade Esperança vai até segunda-feira (12). No sábado (10), será realizada uma passeata contra a violência e o abuso de mulheres, idosos, crianças e adolescentes, com saída da Praça Brasil, às 08h, e chegada à Praça dos Carreiros. No domingo, a partir das 15h, será promovida uma grande Feira de Saúde no Casario, com serviços como aferição de pressão, teste de glicemia e orientações nutricionais. [Equipe ASN, Dayane Nascimento]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox