Notícias Adventistas

ADRA Internacional auxilia 163 famílias atingidas por ciclone em SC

Ajuda no valor de R$ 580,00 por pessoa servirá para que moradores comprem itens essenciais para recomeçar.

Por Daniel Gonçalves 23 de julho de 2020

Famílias foram selecionadas de acordo com a condição social e necessidade emergencial (Foto: Divulgação)

Era tarde do dia 30 de junho. Com mais de 50 anos, José da Silva realizava afazeres domésticos em sua casa quando viu uma forte ventania na rua e foi fechar uma janela. No entanto, por causa da força do vento, que chegava a 120 km/h, ela não fechava. Passava pela cidade de Governador Celso Ramos, em Santa Catarina, um ciclone. Silva correu até a esposa, que estava em outro cômodo, e ficou abraçado a ela enquanto a casa era destelhada. “Só tive tempo de proteger minha esposa”, detalha.

Essa situação ocorreu com centenas de famílias do Estado devido ao ciclone-bomba que passou pelo Sul do Brasil no dia 30 de junho. O município catarinense mais afetado foi justamente Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis. Ao todo, 817 famílias foram atingidas, 33 residências totalmente arruinadas e uma pessoa morreu.

Leia também:

“A destruição foi grande. A sensação após aqueles poucos minutos foi de cenário pós-apocalítico. Além das residências atingidas, tivemos ginásios e prédios públicos destelhados. Ninguém nunca tinha visto aquilo. Foi então que a ADRA entrou em contato conosco para oferecer ajuda”, explica o prefeito Juliano Duarte Campos.

A Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) procurou a Prefeitura para obter informações de como ajudar. “Percebemos que a urgência não era de cestas básicas, nem de telhas. A necessidade da população estava em itens como pregos, madeira e forro. Era muito variado. Por isso, decidimos ajudar de uma forma diferente e deixar na mão das pessoas a escolha do que precisavam”, esclarece Daniel Fritoli, um dos coordenadores da instituição no sul do Brasil.

Auxílio para recomeçar

A equipe da entidade visitou centenas de moradores atingidos pelo ciclone na cidade e analisou a situação de cada residência. Ao todo, 163 famílias foram selecionadas e nesta quinta-feira, 23 de julho, cada uma delas recebeu um cartão com R$ 580,00. Os recursos vieram da ADRA Internacional e da ADRA na América do Sul. “Tentamos aliviar um pouquinho o sofrimento dessas pessoas. O plano de Deus não foi esse, de sofrimento. Mostramos que Deus existe e que um dia ele voltará para termos uma vida sem sofrimento”, acrescenta Fritoli.

“O nosso momento é de reconstruir a autoestima da população e a ADRA é um exemplo de parceria. Obrigado a vocês”, elogia o prefeito Juliano Duarte Campos. O coordenador da agência explica que o foco é ajudar as pessoas emergencialmente e no desenvolvimento social.

José Silva foi um dos beneficiados pela ação. Ele estava feliz porque reconhece o cuidado de Deus. “Ele, às vezes, permite essas coisas para ficarmos mais próximos dEle. O mundo “tá” virado e longe de Deus. Esse cartão aqui é uma prova que Ele não esquece dos Seus filhos”, explica o homem ao lado da sua esposa, emocionados.

Veja mais fotos da ação:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox