Notícias Adventistas

ADRA beneficia 159 famílias catarinenses em Água Doce e Vargem Bonita

Tornado no meio oeste catarinense causou estragos na região e por isso a assistência social adventista esteve atenta a necessidade

Por Daniel Gonçalves 31 de agosto de 2020

Moradores terão em breve um novo contato, agora espiritual, para estudarem a Bíblia

O dia 14 de agosto foi um dia de destruição em Água Doce, cidade do meio oeste catarinense. O município com pouco mais de sete mil habitantes sofreu neste dia com um tornado que danificou cerca de 700 casas e destruiu outras 25. Imagens na internet mostraram um cenário de devastação terrível, inclusive com caminhões tombados, tamanha a força do fenômeno. E em Vargem Bonita, cidade vizinha, o granizo também causou destruição e medo.

Atenta às emergências sociais é que a ADRA Brasil (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais) conseguiu em poucos dias recursos para ajudar os atingidos no meio oeste catarinense. “Conseguimos com a ADRA Brasil recursos para auxiliar as pessoas atingidas. Mas primeiro fizemos uma pesquisa para ver o grau de necessidade de cada morador para fazer uma triagem dos mais necessitados”, explica o pastor Landerson Serpa, um dos coordenadores da ADRA no Sul do Brasil.

Uma equipe de adventistas da região esteve apoiando o trabalho da ADRA, cadastrando e auxiliando nas entregas dos donativos. Ao todo foram 159 famílias beneficiadas com R$ 572,00, além de serem presenteados com um livro missionário de 2020. “Temos uma pequena igreja em Água Doce com apenas quatro pessoas. Duas famílias na verdade. Acredito que com esse impacto que fizemos, o nome de Jesus será lembrado por mais moradores posteriormente”, acrescenta o pastor Elias Vasconcelos, distrital.

Os recursos foram doados em forma de dinheiro para facilitar a compra de materiais de construção, como comenta o pastor Landerson: “Os moradores precisam de muitas coisas. Alguns já têm telhas, outros madeira e por isso deixamos na mão deles a decisão do que comprar. São pessoas necessitadas e felizes por sentir o amor, justiça e compaixão de Cristo”.

Nas próximas semanas, a mesma equipe de apoio estará tendo um segundo contato com os beneficiados para saber como utilizaram os recursos e se querem apoio espiritual. “Oferecendo um estudo bíblico agora eles poderão entender melhor o método de Cristo. Nosso Senhor ajudava as pessoas fisicamente para depois oferecer conforto espiritual”, ressalta o pastor Elias.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox