Notícias Adventistas

Projetos Sociais

Ações da ASA alcançam a diversas famílias em Engenheiro Coelho e região

Com o Mutirão de Natal, mais pessoas serão auxiliadas pelo departamento com roupas, alimentos e outros itens A Ação Solidária Adventista da Igreja do Unasp Engenheiro Coelho tem desenvolvido uma série de ações para atender a comunidade. Por meio de c...


  • Share:

Com o Mutirão de Natal, mais pessoas serão auxiliadas pelo departamento com roupas, alimentos e outros itens

A Ação Solidária Adventista da Igreja do Unasp Engenheiro Coelho tem desenvolvido uma série de ações para atender a comunidade. Por meio de campanhas e doações, diversas famílias são auxiliadas com cestas básicas, roupas, produtos de higiene e outras formas de apoio.

A diretora da ASA, Érika Coutinho, se alegra em poder ajudar as pessoas. Ela conta com uma equipe de voluntários assíduos que se dedica para atender a quem precisa. A rotina pode ser cansativa, por isso as atividades são distribuídas diariamente entre eles e contam com o apoio integral da igreja. Mais do que uma ação solidária, o pastor Claudiomar Nascimento reforça a importância de mostrar a mensagem de salvação nesse serviço. “As pessoas precisam conhecer ao nosso Cristo por meio das nossas mãos”, reforça.

Vidas transformadas

A história de Luisa dos Santos mudou quando ela conheceu a ASA. Ela foi buscar auxílio e encontrou muito do que isso. Fez amizades valiosas e decidiu contribuir com seu talento na cozinha. Depois que se tornou também uma voluntária, frequentava assiduamente a sede do departamento, principalmente as terças e quartas, para ajudar outras famílias.

Por meio do apoio da direção da ASA e pastoreio, Luisa tomou a decisão de ser batizada após anos de serviço. Ela celebra essa conquista e acredita que sem o apoio que recebeu, isso não seria possível. “Quero sempre trabalhar na ASA com amor e carinho”, conta emocionada.

Além dela, a família de Josefa de Castro também recebeu as bênçãos de Deus em um momento difícil. Ela, seu esposo e três filhos vieram da Angola no meio da pandemia. “Anteriormente eu pensava que não teria solução”, confessa. Mas depois que recebeu o auxílio da ASA, Josefa percebeu que seria possível realizar o sonho do seu esposo de ser um pastor.

O pastor Claudiomar Nascimento trouxe uma reflexão sobre a importância de ajudar ao próximo

Apesar das dificuldades, ela afirma que “Deus nunca deixou faltar algo”. O auxílio que recebeu com alimentos, brinquedos e outros itens foi fundamental para que sua família se mantivesse na região. “Somos muito gratos pelo trabalho que os voluntários fazem na ASA”, frisa.

Outras histórias também se destacam. Elenice Alecrim veio em busca de oportunidade de trabalho na região. Sua filha, Taina Alecrim, ainda pequena frequentava a igreja mesmo sem o apoio da mãe. Ainda assim, ela afirma que “a ASA sempre cuidou da sua família”. O apoio que recebeu a fez conhecer verdadeiramente a Cristo. “Não é só alimentação e roupa, é o carinho, respeito e amor, por isso o que a ASA fez pra mim eu quero fazer para os outros também”, finaliza. Elenice já está no processo de preparação para seu batismo.

Mutirão de natal

Além das campanhas e atividades durante o ano, há um projeto de grande alcance da ASA. Desde 1994, o Mutirão de Natal é um projeto da Igreja Adventista que atende a diversas famílias durante as festividades de final do ano. A campanha foi iniciada neste ano na Live “Ponte de Bênçãos” que contou a participação do Grupo Versos e uma mensagem especial do pastor Claudiomar Nascimento.

O grupo Versos cantou cerca de 8 músicas na live de lançamento do Mutirão de Natal.

Ele esclarece que a arrecadação continua com “pontos de coleta na igreja, na ASA e nos condomínios da região”. Os doadores também podem fazer uma transferência bancária para a igreja. Como pastor da igreja, Claudiomar acredita que essa campanha será de grande impacto.

Além dele, Meibel Guedes diz que se sente motivada a doar pelas bênçãos que recebe de Deus. A doadora explica que “é preciso compartilhar o que tem com os outros” e convidou a igreja a participar da movimentação do Mutirão de Natal. “Você já pensou que alguém muito próximo no Natal pode estar sem nada na mesa? Colabore com a campanha para que muitas famílias tenham um Natal especial também”, apela. Ela finaliza: “A recompensa do doador não é terrena, as bênçãos vêm de Deus”.