Notícias Adventistas

Ação solidária Adventista oferece troca de alimentos por máscaras e ajuda famílias em Marabá

O projeto "Troca solidária" unido a outros solidários da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Sul do Pará totalizaram cerca de 25 toneladas de alimentos arrecadados e ajudaram cerca de 300 famílias em Marabá.

Por Rayanne Sousa 22 de maio de 2020

Na ação “troca solidária” jovens ofereciam máscaras de proteção em troca de alimentos não perecíveis para doar a famílias carentes em Marabá no sudeste do Pará. (foto: Divulgação)

Desde que a pandemia do novo coronavírus chegou ao Brasil, a vida em sociedade sofreu uma reviravolta radical em seu hábitos diários. Lugares públicos estão fechados, pessoas perderam o emprego e renda, escolas suspenderam aulas e todos os encontros foram cancelados. Isolamento social virou termo de comum uso e a demonstração de afeto muitas vezes somente por meio das telinhas.

Dentre tantas restrições, atitudes do bem têm ganhado destaque: as ações solidárias. Diversos projetos estão sendo realizados para o auxílio de muitas famílias que durante a pandemia enfrentam dificuldades financeiras para suprir suas necessidades básicas.

A Igreja Adventista do Sétimo Dia no Sul do Pará se reuniu e tem realizado algumas dessas ações. Uma delas foi a “troca solidária”, quando um grupo de jovens – seguindo todas as normas de prevenção de contaminação pelo vírus – se posicionaram em frente a alguns supermercados da cidade de Marabá, sudeste paraense, e ofereciam a troca de máscaras de proteção por um quilo de alimento não perecível. No município só é permitido entrar em lugares públicos e privados usando máscara.

O pastor Willian Stephanio, que estava liderando o projeto, conta que diversas pessoas se mobilizaram voluntariamente para participar da ação. “A maioria dos voluntários na ação nem mesmo são membros de nossa Igreja, mas se empenharam em ajudar”, frisou o pastor. Entre elas está Kátia Cilene Dias, que relata a emoção em participar de um projeto solidário.“Sempre tive muita vontade de trabalhar em projetos assim, mas nunca dava certo. E dessa vez foi uma grande surpresa e estou muito feliz”, relatou a costureira.

Mas nem tudo foi tão fácil durante o trabalho e dificuldades surgiram. Durante o processo a máquina de costura de Kátia quebrou e ela ficou triste com a ideia de não poder mais ajudar. “A princípio eu chorei por não conseguir concluir o restante do material, mas senti alivio ao ouvir da minha filha que me amava e que mesmo que pouco, eu já tinha ajudado umas 20 famílias”, contou. “A Igreja Adventista e todas as pessoas que se envolveram com essa campanha e outros trabalhos, estão de parabéns e tem minha admiração”, parabenizou Kátia.

O projeto “Troca solidária” unido a outros solidários da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Sul do Pará totalizaram cerca de 25 toneladas de alimentos arrecadados e ajudaram cerca de 300 famílias em Marabá. (Foto: divulgação).

Além do projeto “Troca Solidária”, diversas ações solidárias foram realizados na cidade de Marabá. Cerca de 25 toneladas de alimentos foram arrecadados e distribuídos as famílias carentes da cidade. Pois além do casos do covid-19, uma parte da cidade foi alagada. Dois rios que cruzam a cidade, encheram e alagaram as casas de cerca de 300 famílias.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox