Notícias Adventistas

Pequenos Grupos

Congresso de Pequenos Grupos reúne mais de 400 líderes

O Congresso enfatizou a importância das Pequenas Comunidades no processo de evangelização para a região Norte do estado.


  • Compartilhar:

"Relacionar, Acolher e Transformar", esse foi o tema do Congresso de Pequenos Grupos que aconteceu em Sinop, nos dias 25 e 26 de junho. No evento, cerca de 400 estiveram participando desse Congresso, representando os distritos de Peixoto de Azevedo, Colíder, Guarantã do Norte, Jardim das Primaveras, Jardim das Palmeiras, Jardim Terra Rica, Matupá, Central de Sinop, Alta Floresta, Jacarandás, Claudia, Cidade Alta e Nova Monte Verde.

Durante o sábado (25) pela manhã, houve um rodízio de palestras. No total, 11 palestras foram apresentadas. Os participantes puderam assistir àquelas com as quais mais se identificavam e/ou se encaixavam na sua realidade. "O Congresso está sendo muito proveitoso, nos mostrou a forma correta de ver a Igreja. Nós temos um Pequeno Grupo há mais de dois anos, o que eu aprendi aqui vai melhorar muito o nosso PG, principalmente no nosso envolvimento, abriu a nossa mente", conta Weslany e o esposo.

Os seguintes temas foram apresentados:

  • Estudo Relacional - Pr. Marcos Nunes
  • Pastoreio - Pr. Flávio Ramos
  • A Reunião da Comunidade - Pr. Francisco Chagas
  • Como Desenvolver a Missão na Pequena Comunidade - Pr. Reverson Almeida
  • Multiplicando Líderes - Pr. Manoel Bob
  • O Líder Espiritual e a Força Emocional - Fernando Rochael
  • Pequeno Grupo de Crianças e Adolescentes - Profª Yasna Liz
  • Relacionamentos Frutíferos - Pr. Marcos Souza
  • Ferramentas para Formação de uma Mente Missionária - Aline Gama
  • Ellen White e o Discipulado - Pr. Cid Gouveia
  • Comunidade Jovem - Pr. Richard Ogalha

Na sequência, a programação teve continuidade na Igreja Central de Sinop. O pastor Evaldo Oliveira, presidente da Missão Oeste Mato-Grossense (MisOM), falou sobre a importância do discipulado, do envolvimento direto dos membros da Igreja na missão, o quão importante é o papel desses Pequenos Grupos no processo de Evangelização e Acolhimento. "Nós somos a Igreja. Ser Igreja é ser Amigo. Devemos sempre estar dispostos a ajudar, a fazer parte da vida do nosso próximo, estar presente, não são números, são pessoas", enfatiza.

Pastor Evaldo Oliveira, presidente da MisOM
Motivação e Inspiração para os Líderes

Dessa forma, o Congresso focou em inspirar os líderes a serem verdadeiros cristãos. Todas as mensagens e palestras apresentadas, tiveram como objetivo mostrar a cada participante a importância que eles tem para Igreja e o seu papel como líderes. O estrategista comportamental, Fernando Rochael, de forma bem dinâmica mas direta, explicou sobre a Força da Identidade. "Nós devemos nos entregar a causa de Deus, mas para que isso aconteça, devemos sempre estar em unidade. Contudo, para que estejamos unidos, é preciso que antes de tudo, você descubra o seu potencial, a sua força e capacidade. É muito importante sabermos quem nós somos", explica Rochael.

Além disso, as palestras também estiveram explicando de maneira mais específica o papel do Discipulado e do Mentoreamento Bíblico. "Nós devemos fazer a diferença na vida do outro, isso se dá através da Ajuda, do Discipulado e do Ensino. O ministério é melhor executado quando você acolhe o próximo, quando você transmite a sua experiência", esclarece o pastor Cid Gouveia.

Todavia, Pequenas Comunidades estão relacionadas com Missão. Sendo assim, Aline Gama ressaltou qual deve ser a verdadeira motivação do cristão. "Missão é sobre falar de Jesus para as pessoas. Então, quando você decide não ter uma pequena comunidade, você está fechando a porta da salvação de uma pessoa. Não é sobre coisas, dinheiro, números. É sobre a salvação de uma pessoa. Nossa motivação deve ser a salvação", afirma.

Assim, a programação teve seu encerramento com três lindos e emocionantes batismos. Todas as pessoas que entregaram sua vida a Cristo durante o Congresso, tomaram essa decisão porque foram evangelizadas através de um Pequeno Grupo.