Notícias Adventistas

Coral de Brasília utiliza a tecnologia para fazer ensaio durante a quarentena

Integrantes se reuniram de forma virtual para aquecer a voz e treinar músicas

Por Rafael Brondani 25 de março de 2020

O grupo utilizou a internet para realizar o ensaio no último sábado, 21. (Foto: Reprodução)

Nem mesmo o isolamento social devido ao coronavírus foi capaz de impedir que os mais de 50 integrantes do Coral Jovem da Igreja Adventista de Águas Claras parassem suas atividades. O grupo utilizou a internet para realizar o ensaio no último sábado, 21.

O diretor do coral, Dalto Leça, explica que esse foi o primeiro ensaio on-line do grupo de músicos. A experiência, segundo ele, foi positiva. “No começo estávamos receosos, não sabíamos se daria certo”, conta.

A equipe decidiu tentar o novo formato, até mesmo porque os ensaios presenciais estavam suspensos há dois sábados, devido ao isolamento. “Decidimos fazer o ensaio on-line. Mesmo que não desse certo, pelo menos a gente ia se ver, trocar uma ideia e ficar mais próximo, mesmo que pela tela do celular ou computador”, explica o diretor.

Para a surpresa de Dalto, a tecnologia permitiu um ensaio praticamente normal. Os coristas fizeram aquecimento vocal e receberam uma mensagem bíblica de motivação. No início foi feito um panorama com explicações para as pessoas que não tinham muito conhecimento na ferramenta on-line.

Da mesma forma que no ensaio presencial, o maestro, ao piano, passou as vozes com cada pessoa, a diferença é que os integrantes treinavam em casa.

O diretor menciona que nos próximos ensaios a ideia é ampliar a interatividade entre as vozes e melhorar ainda mais a experiência. “Vimos que é uma ferramenta que pode nos render várias possibilidades”, ressalta Dalto.

Para os coristas foi algo novo. Alguns já conheciam o aplicativo Zoom como ferramenta de trabalho, porém, outros ainda não.

A contralto Patrícia Tavares participou do ensaio e relata ter sido uma experiência boa e diferente. “No início tivemos algumas dificuldades para acessar a plataforma, mas quase todos conseguiram. O nosso maestro é muito dinâmico, começou passando algumas informações e fechou nossos microfones. Ele também deu orientações sobre nossas vozes”, explica a corista.

Foi com a esposa que o maestro Darcy Araújo começou os testes com o aplicativo, a fim de manter boa sincronia de áudio e harmonização de vozes. “O ensaio não é só a parte musical, mas também a questão de estarmos ali reunidos, mantendo aquela amizade. Mesmo com os problemas de áudio, pensei na interação, que seria bom ver as pessoas na tela, e diante da situação que vivemos, o momento quebrou um pouco a distância”, relata o maestro.

Experiência que acalenta

A experiência inovadora impactou Patrícia Tavares. Para ela, o grupo precisava ter esse contato. “Isso acalenta o coração de cada um. Traz paz e envolvimento”, diz.

Ela ainda ressalta que os líderes estão ajudando na união dos coristas e isso aproxima os integrantes no período onde muitos estão isolados. “A tecnologia trouxe isso para nós. O isolamento é crucial, mas estando envolvidos nas coisas de Deus, nos cultos pela internet. A gente sente o calor humano, e isso é maravilhoso”, conclui.

A Igreja Adventista no Planalto Central está realizando diversas alternativas para proporcionar aos fiéis, neste período de confinamento social, momentos de comunhão com Deus e interação entre os membros. Além de cultos on-line, pastores fazem visitas virtuais aos membros através de aplicativos, entre outras ações.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox