Notícias Adventistas

Voluntários de Curitiba vão à Jordânia para missão humanitária

Durante 20 dias o grupo com 42 voluntários realizará ações em benefício da população.

Por Kivia Henning 10 de outubro de 2018

Equipe de voluntários que seguirão para Jordânia (Foto: Anderson Latenik)

A missão é conhecida como um propósito, um compromisso a ser executado por grupos de pessoas. Para os cristãos essa palavra vai além de propagar o evangelho, significa fazer o bem diante das necessidades específicas e imediatas de um povo.

Seguindo essa ideologia, a Igreja Adventista no Sul do Paraná, realiza o projeto 20 Dias em Missão. Durante esse tempo, o trabalho de 42 funcionários da sede administrativa da instituição será realizado a 11 mil quilômetros de distância do Brasil.

O local é a Jordânia, país onde vários fatos bíblicos aconteceram. Um exemplo disso,  na região está situado o rio Jordão em que  Jesus foi batizado. Alguns voluntários seguiram para esse lugar no dia 09, outros sairão do Brasil no dia 17 de outubro. Durante 20 dias o grupo realizará ações em benefício da população.

Colégio Adventista na Jordânia que será beneficiado com a reforma (Foto: arquivo)

A primeira cidade a receber os voluntários será Irbid, que fica a cinco quilômetros da fronteira com a Síria e possui  650 mil habitantes. A região também é sede do Colégio Adventista, o qual atende 150 alunos muçulmanos.  É nesse espaço que os brasileiros colocarão a mão na massa.

A campanha pública de propagação do evangelho não é permitida na localidade.  Por isso, a iniciativa de fazer o bem é uma forma de aproximação e compartilhamento da Bíblia.

O projeto é coordenado pelo pastor João Adilson Rodrigues, tesoureiro da Associação Sul Paranaense. Segundo ele, a decisão em ajudar nas necessidades do povo jordaniano é uma forma de demonstrar o amor de Deus.

Imagem projeto de como ficará a escola após a obra (foto: projeto)

“Quando encontramos com o pastor responsável pela região no Oriente Médio, foram citadas algumas situações na Jordânia dentre elas, essa escola que apresenta vários problemas estruturais como a faixada, banheiros e quadra poliesportiva”. Completa.

Igreja em Madaba que será reformada (Foto: Arquivo)

Apesar de ser uma localidade com pouca ou nenhuma influência cristã, Madaba, cidade onde os brasileiros também seguirão, possui quase 80 mil habitantes. Destes, 20 mil são cristãos. O lugar sedia uma Igreja Adventista com quase 80 membros. A congregação também será alvo do trabalho dos voluntários.

Pastor João Adilson, coordenador do projeto (Foto: Anderson Latenik)

Após as obras, o espaço terá capacidade para 130 pessoas. “Essa igreja é muito pequena e vai passar por uma reestruturação. A parte interna já foi quebrada, eliminamos algumas áreas inutilizadas, ampliamos o espaço e seguimos para a parte do acabamento. Uma força tarefa e um trabalho de dedicação para que no dia 31 de outubro celebremos a inauguração desse novo templo. No Brasil temos boas estruturas, mas na Jordânia a realidade é muito diferente. O nosso objetivo é alcançar o coração de muitos e fazer com que a volta de Cristo seja esperada em qualquer região”. Explica João Adilson.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox