Notícias Adventistas

Programa orienta líderes no uso dos dons e na formação de discípulos

Segunda edição de aulas da Escola de Missões aconteceu em Ijuí, no domingo (12).

14 de março de 2017

Pastor Jair Miranda, líder de Missão Urbana e Ação Solidária Adventista na região leste do Estado de São Paulo abordou a necessidade da igreja ser relevante na comunidade.

Ijuí, RS… [ASN] No domingo (12), a segunda edição de aulas da Escola de Missões, promovida em Ijuí para líderes de igrejas adventistas, recebeu dois convidados para a ministração de temas voltados a revitalização e plantio de igrejas: o pastor Jair Miranda, líder da área de Missão Urbana e Ação Solidária Adventista na região leste do Estado de São Paulo e o palestrante Johnny Wong, especialista na área direcionada a plantar igrejas e formação de discípulos.

Leia mais:

Aulas vão oferecer recursos para líderes de igrejas do noroeste gaúcho

Miranda trouxe à tona, a necessidade que a igreja tem de ser relevante na comunidade, ao ponto de os moradores sentirem falta dela se deixasse de existir. Para isto, demonstrou exemplos de várias partes do mundo de igrejas que passaram a pensar com profundidade, no público que está ao seu redor e em suas necessidades. “A igreja precisa conhecer a realidade onde está inserida e isso pode ser feito por meio de uma pesquisa sobre como está a educação, a segurança, a saúde e outros temas na comunidade. A partir disto, a igreja pode entrar com ações contínuas que demonstrem o amor de Cristo ao próximo”, orienta.

Já o palestrante Wong tratou de repensar a realidade da igreja no que diz respeito a retenção de novos fiéis. Ele acredita que a forma utilizada especialmente no passado em que o simpatizante recebe um estudo bíblico, aceita o batismo e passa a cumprir pequenas tarefas dentro do contexto da igreja não é suficiente para mantê-lo. “Por que muitos jovens acabam saindo da igreja após um tempo? Porque, de maneira geral, não temos dedicado tanto tempo a ensiná-los como andar com Jesus, a se relacionar com os outros, a acompanhá-los, a demonstrar a Palavra. No começo, eles são apenas bebês espirituais e precisam de alimento e de modelos que deem suporte para eles, até que realmente se tornem discípulos. Um claro exemplo disto é o que Jesus fazia com Pedro, Tiago e João: ele andava, viajava, ensinava e era o professor deles e tinha muito tempo com eles. Não se trata apenas de passar informações. Nós precisamos mudar o paradigma”, aconselha Wong.

Johnny Wong (à esquerda), palestrante internacional que trata de temas voltados ao discipulado e plantio de igrejas, esteve em Ijuí falando a líderes distritais.

Ainda assim, ambos os palestrantes entendem que tal realidade pode ser incorporada no dia a dia dos fiéis, a medida que houver busca real e sincera pela orientação divina, por meio da oração e do estudo da Bíblia. Wong e Miranda já haviam participado, no dia anterior, da Convenção Missionária, que reuniu cerca de 1 mil e 300 líderes na Escola Adventista de Ijuí.

A Escola de Missões terá outros oito encontros ao longo do ano, sempre uma vez por mês. [Equipe ASN, Willian Vieira]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox