Notícias Adventistas

Líderes de Pequenos Grupos são capacitados para o projeto “Meu Talento, Meu Ministério”

Encontro foi realizado na sede administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Planalto Central

23 de maio de 2017

Líderes puderam fazer um levantamento de quais sãos os talentos existentes em seus Pequenos Grupos [Fotos: Leo Tavares]

Brasília, DF… [ASN] No último sábado, 20 de maio, cerca de 60 líderes de Pequenos Grupos de Sobradinho, DF, estiveram reunidos na sede administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia para o Planalto Central em um treinamento do projeto “Meu Talento, Meu Ministério”, desenvolvido para incentivar os fiéis a descobrir, aprimorar e usar os dons e talentos em prol do serviço ao próximo.

Testemunhos foram apresentados para motivar participantes

A capacitação contou com a presença dos pastores Jaime Martins, conselheiro ministerial e diretor de saúde para o DF e entorno, Manuel Nunes, diretor de Pequenos Grupos para o Centro-Oeste e Paulo Alvarenga, diretor de Pequenos Grupos para o Planalto Central, que conduziram as mensagens espirituais, levando os participantes a refletirem sobre a influência da comunhão com Deus nas decisões que envolvem o trabalho evangelístico.

Pastor Sandro [à esq.] quer que cada PG seja relevante em sua comunidade

Os líderes foram incentivados a fazerem um levantamento dos dons e talentos dentro dos Pequenos Grupos e a desenvolverem estratégias para o uso desses talentos em prol da evangelização. “Welligton Ribeiro é líder de Pequeno Grupo há cinco anos e coordenador há três. Ele acredita que a proposta apresentada na capacitação é a maneira mais simples e eficiente de um PG ou uma igreja ser relevante para a comunidade. “Durante muito tempo já ouvimos várias justificativas de pessoas que não se acham capacitadas para dar estudo bíblico, ou quem sabe fazer uma série evangelística. Agora, olhando essa proposta, onde você usa aquilo que sabe fazer para impactar a vida de pessoas de forma sistemática e intencional, reabrem-se as portas para que todos sejam envolvidos na missão. Imagine o que pode acontecer em nossos dias quando todos os pedreiros, advogados, padeiros, psicólogos, marceneiros, médicos, jardineiros, professores, contadores, administradores, e as mais variadas profissões, se unirem em um movimento em prol de transformar isso em ministérios? “, reflete.

O pastor Sandro Pereira já implantou o projeto em outro distrito pastoral e sabe dos resultados da iniciativa. “A expectativa é que agora cada PG seja um ponto de luz na cidade de Sobradinho. E que cada região, cada lugar, cada rua, cada quadra tenha a influência desse Pequeno Grupo com seu ministério e talentos”, almeja.[Equipe ASN, Pâmela Meireles com colaboração de Leo Tavares]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox