Notícias Adventistas

Jogador de basquete amador é batizado

Ministério desenvolvido com alunos de basquete leva jovens a conhecer mais sobre a Bíblia.

17 de novembro de 2015
IMG_0564

Luíz Henrique Guimarães, 14 anos, frequenta as aulas de basquete há dois meses e levou a mãe e a irmã para assistir a programação com ele.

Goiânia, GO… [ASN] A adventista Wagnér Costa é professora de uma escolinha de basquete para crianças carentes. A escola de basquete tem aproximadamente 40 alunos e é gratuita. Funciona em parceria com a Secretaria de Esportes de Goiânia, GO, em um ginásio da capital, há 40 anos.

Todos os anos, Wagnér realiza uma programação especial para os alunos e ex-alunos.

Este ano o tema foi “Encontro de amigos” e aconteceu do dia 11 a 15 de novembro na IASD Jardim Guanabara, Goiânia.

A meia semana de oração contou com a presença do jogador de basquete Israel Andrade, dos cantores Osmar Brito e Luiz Cláudio, além dos pastores Paulo Matos e Dimas Artiaga.

Wagnér desenvolve um ministério esportivo com crianças e jovens carentes que sentem vontade de aprender a jogar basquete.

É um lugar que além de ensinar esporte, ensina também princípios bíblicos, através de orações e um bom relacionamento uns com os outros.

“Eles vivem em um ambiente que muitas vezes não tem nenhum vínculo com igreja, ou Deus, mas a gente usa o esporte para trazê-los para mais perto de Jesus”, afirma Wagnér.

IMG_0536

Wagnér Costa junto com seu aluno e filho de consideração, Sadelson Lorena.

Testemunho

Durante o encontro, Sadelson Lorena, 26 anos, se batizou. Ele frequenta a escola de basquete desde os 14 anos e hoje ele auxilia no desenvolvimento das atividades no local. “É um trabalho muito gratificante, passar o tempo ensinando as crianças”, comenta.

Ele conta que começou a estudar mais a Bíblia a partir de um acampamento evangélico. Lá ele fez um acordo com o pastor, no qual o pastor faria uma dieta e ele estudaria a Bíblia todos os dias durante 30 minutos.

Sadelson diz que o grande beneficiado foi ele mesmo: “Quando você lê mais a Bíblia, você vai tendo mais sabedoria e mis compreensão das coisas que Deus quer te mostrar.”

Wagnér afirma que é muito gratificante ver um de seus alunos se batizando e entregando sua vida a Jesus.

“Cada basqueteiro que batiza é um milagre. Porque o mundo deles é bola, bola e as coisas do mundo. É muito gratificante ver que o Espirito Santo está trabalhando com cada um de maneira diferente. E os resultados são a longo prazo, quem sabe alguns, nós só veremos quando Jesus voltar”, enfatiza Wagnér.

IMG_0526

A programação contou com um musical do cantor Luiz Cláudio.

Ao todo, 4 mil alunos já entregaram sua vida a Jesus durante esses 40 anos de “Ministério do Esporte”, como ela mesmo chama.

Para o orador Dimas Artiaga, que é pastor em São Paulo e ex-presidente da Igreja Adventista de Goiás, essa é uma forma de alcançar pessoas do mundo do esporte que talvez de outra forma não seria possível.

“Ela alcança um público que a gente não tem contato, só ela tem. Nós precisamos diversificar as frentes de trabalho para ter contato com um público cada vez maior. Porque o nosso dever é pregar o evangelho no mundo inteiro”, enfatiza Artiaga.

Para ele a professora Wagnér desenvolve um trabalho diferente, que sai do comum do dia a dia da igreja.

“Eu creio que existem vários ministérios, várias frentes de trabalho, que nós podemos desenvolver para levar a palavra de Deus”, conclui o pastor Artiaga. [Equipe ASN, Jéssica Veloso]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox