Notícias Adventistas

Igrejas oram com a comunidade durante as 10 horas de jejum

Muitas congregações optaram por extender a programação para a comunidade

Crianças de Planaltina Sul querem dar continuidade ao ministério de oração

Brasília, DF… {ASN} Durante dez dias, as igrejas do Planalto Central se uniram em oração juntamente com as congregações adventistas no mundo inteiro em prol das famílias. A iniciativa faz parte dos 10 Dias de Oração e 10 Horas de Jejum, um movimento para que as pessoas mudem sua rotina e, durante dez dias, dediquem mais tempo à oração por motivos específicos e um dia para o jejum. No sábado, 3 de março, muitas igrejas foram às ruas para orar com a comunidade.

No Setor O, em Ceilândia, uma “sala” de oração, montada em uma praça ao lado da igreja, esteve disponível para quem quisesse receber uma palavra de conforto. Desde os pequenos até os mais velhos, toda a igreja se envolveu na atividade distribuindo orações, sorrisos e livros missionários. O diretor associado de Jovens e Desbravadores, Guilherme Lima, foi um dos organizadores da ação. Ele diz que essa foi uma forma de mostrar a igreja como amiga da comunidade. “Oferecer oração é dar um presente para quem aceita. Todo mundo pode dar esse presente, pois não custa nada”, afirma.

Sala de oração foi criada em uma praça no Setor O

Cerca de 24 pessoas aceitaram receber visitas missionárias. Segundo José Filho, um dos organizadores, mais ações como essa serão promovidas. “Superou as expectativas de todos, e foi muito gratificante saber que, um pouco de tempo dispensado, pôde fazer a diferença na vida das pessoas”, diz. Marlete de Oliveira conta que estava muito triste no dia, mas participar da atividade renovou seu ânimo. “Durante a ação, pude ver várias pessoas aceitando estudos bíblicos. Eu nem lembrava mais da minha dor”, se alegra. Ela conta que uma das pessoas abordadas é dono de um restaurante de comida vegetariana e sempre quis saber mais sobre o estilo de vida adventista. “Ele já começou a mudar seus hábitos alimentares por observar os adventistas, mas quer mudar muito mais. Então, falei que temos vários livros da igreja que nos orientam sobre o estilo de vida saudável e que ele vai gostar muito de conhecê-los”, relata.

Tendas de oração foram montadas

Aproximar a igreja da vizinhança foi uma preocupação de diversas outras congregações. Em São Domingos, GO, uma tenda de oração também foi colocada na rua. Sintia Sousa, líder de Lar e Família, acredita que esse foi um bom momento para levar a mensagem do evangelho, pois toda a Igreja estava em jejum e oração. “Agora, que temos os dados das pessoas, podemos entrar em contato e fazer uma trabalho mais específico”, diz.

Em Planaltina Sul, as crianças também distribuíram abraços e livros missionários. Cristina Tereza Severino, líder do Ministério da Criança, conta que, durante a semana, estudou o material dos 10 Dias com elas. “A revistinha fala sobre ser missionário e, no sábado, queríamos fazer algo diferente que as envolvesse”, diz Cristina. O que mais a alegrou foi ver a resposta dos pequenos sugerindo que a mesma atividade fosse feita em outros locais. “Não esperava que teria o resultado que teve”, confessa.

Atendimento na Vila Telebrasília

A Vila Telebrasília recebeu uma mini feira de saúde organizada pelos jovens da Igreja Central de Brasília. Para Aline do Valle, líder do Ministério Jovem, o propósito é servir. “Temos a responsabilidade de sermos representantes de Jesus aonde quer que a gente esteja. Nós somos a Palavra. Não estamos interessados só em programa. Queremos que tudo isso que a gente recebeu nesses dez dias faça sentido na nossa vida, e que a gente aprenda mais a doar do que receber”, ressalta. [Equipe ASN, Pâmela Meireles]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox