Notícias Adventistas

Igreja Adventista marca presença no aniversário de Vila Velha

A Igreja Adventista do Sétimo Dia participou ativamente da comemoração da Colonização do Solo Espírito-santense.

23 de maio de 2018

Por Guilherme Almeida

Clube de Desbravadores desfilando na Av. Jerônimo Monteiro, no Centro de Vila Velha. – Foto: Erasmo Gazolli

A festividade começou na terça-feira, 22 de maio, com a tradicional ‘Transposição do Fogo Simbólico’ onde a capital do Estado é transferida simbolicamente para o município de Vila Velha. A transposição do fogo saiu do Palácio de Anchieta, percorreu as ruas de Vitória até a Praça Almirante Tamandaré, Prainha, em Vila Velha. Local onde há 483 anos a Caravela de Vasco Coutinho aportou e deu início a história do povo capixaba.

Como tradição, a pira com o fogo simbólico ficou sob a vigília dos Desbravadores que há doze anos desempenha esta função na programação. “Assim mostramos que o Clube de Desbravadores está presente no município atuando diretamente para servir à comunidade”, avalia Erasmo Gazolli, diretor dos Desbravadores no município de Vila Velha.

Logo pela manhã, 23, outros juvenis, adolescentes e jovens se juntaram aos que haviam passado a noite na vigília. Todos uniformizados de Aventureiros, Desbravadores e Clube de Jovens para participarem do desfile cívico-militar.

Jovens voluntários do projeto Um Ano em Missão. – Foto: Guilherme Almeida

Este ano especificamente, com uma novidade, a participação dos jovens do projeto Um Ano em Missão (em inglês, One Year in Mission – OYiM). Um programa que busca envolver jovens adventistas na missão de evangelizar centros urbanos de oito países da América do Sul. Este ano, a equipe está localizada em Vila Velha com o foco em três bairros. “Hoje nós temos quinze jovens missionários no município trabalhando nos bairros Praia da Costa, Praia de Itapuã”, explica o pastor e coordenador do projeto, Vitor Almeida.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox