Notícias Adventistas

Grupo distribui cartas com mensagens de esperança na cidade de Itumbiara (GO)

Jovens confeccionaram todas as cartas manualmente, com versos bíblicos e mensagens de encorajamento

Por Maycon Santos 25 de março de 2021

Cartas foram escritas à mão pelos participantes do projeto. (Foto: divulgação)

Receber uma carta escrita a mão atualmente é quase que raridade. Com a possibilidade de enviar mensagens em diversas redes sociais, essa prática tem sido pouco exercida. Para mudar esse contexto e levar um pouco de esperança para as pessoas, um grupo de jovens do projeto OYiM escreveram mais de 200 cartas, os envelopes foram entregues no bairro Jardim Leonora, na cidade de Itumbiara, em Goiás.

A mensagem de “estamos orando por você”, contida em cada carta, foi acompanhada com um número de WhatsApp para quem desejar enviar pedidos de Oração. O trabalho não foi concluído, mas os resultados já começaram a aparecer através de respostas de agradecimento.

O projeto Um Ano em Missão (em inglês, One Year in Mission – OYiM), promove a participação de jovens adventistas na missão de evangelizar centros urbanos de oito países da América do Sul, unindo seus talentos, recursos e conhecimento profissional com as necessidades da comunidade.

Um dos organizadores e responsável pela equipe de missionários, Carlos Ferreira da Silva Júnior conta que já recebeu um retorno de alguém que está com a família entubada por conta da COVID-19, “a pessoa que recebeu a carta ficou agradecido em saber que estávamos orando por ele”, explicou Carlos.

Os participantes confeccionaram todas as cartas manualmente, com versos bíblicos e mensagens de encorajamento. Um dos objetivos da equipe é plantar uma Igreja Adventista na região.

Felipe e Valbeane entregaram “Cartas de Esperança” na caixa dos correios. Trabalho foi realizado cumprindo os protocolos de saúde exigidos pela Organização Mundial da Saúde. (Foto: arquivo pessoal)

A jovem Antonia Valbeane sempre teve vontade de participar do projeto OYiM, mas a idade ainda não permitia. Quando completou 18 anos não perdeu a oportunidade de viver a experiência de dedicar um ano de sua vida em missão. “Estamos mais perto de Deus, e temos o ensejo de levar a mensagem a todo mundo nesta geração, de ir aonde Deus mandar”, exclamou.

Na carta ela escreveu palavras positivas pensando nas pessoas que estão enfrentando esse período difícil de isolamento.  “Não é fácil ser forte e corajoso quando tudo está se despedaçando, mas quando recebemos uma palavra amiga, quando paramos para pensar que Deus está conosco, que Deus está no controle, tudo muda e para melhor”, concluiu.

Veja mais fotos da ação na galeria abaixo:

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox