Notícias Adventistas

Funcionários de Hospital Adventista realizam ações solidárias no Dia da Caridade

eles levaram café da manhã para moradores de rua e fizeram mutirão para doação de sangue

24 de julho de 2018

Por Charlise Alves

Funcionária se emociona ao abraçar moradora de rua

O Dia da Caridade, comemorado em 19 de julho, foi marcado por ações solidárias realizadas por funcionários do Hospital Adventista do Pênfigo. Às 6h30 da manhã, 20 voluntários já estavam reunidos na antiga rodoviária de Campo Grande para entregar o desjejum aos moradores de rua, onde grande parte é usuário de drogas. Na ocasião, foram distribuídas cerca de 80 refeições, incluindo pão, bolo, chocolate quente, chá e frutas.

A analista de RH, Elisângela Miranda ajudou na entrega do desjejum. “Presenciei o momento emocionante e inusitado em que uma mulher viu uma maçã e começou a chorar por ter a oportunidade de comer uma fruta logo cedo”, contou.

Logo após a visita aos moradores de rua, os funcionários partiram para a segunda missão do dia: doar sangue. Os colaboradores do hospital ajudaram a reforçar o estoque de sangue do Hemosul. “Tínhamos apenas três bolsas de sangue, do tipo O negativo, para o estado inteiro. O Hospital Adventista do Pênfigo salvou o Hemosul, hoje”, agradeceu a coordenadora do serviço de captação, Joana Léia.

O enfermeiro Zildenei Fiuza Ruis, estava de plantão e, há quase 36 horas, sem dormir. Mas isso não o impediu de participar das duas ações solidárias. “Eu, como enfermeiro, já tenho um lema na minha vida: gente cuidando de gente, seguindo também o exemplo de Jesus e fazendo bem as pessoas”, relatou.

O diretor de Saúde da Igreja Adventista do Sétimo Dia para oito países da América do Sul, doutor Rogério Gusmão, afirma que fazer o bem traz muitos benefícios para quem realiza a ação. “Existem pesquisas com mais de três mil voluntários que comprovam o benefício de ser solidário. Pessoas que fazem serviço voluntário são mais felizes, adoecem menos, são mais fortes mentalmente e fisicamente”, explica. Ele complementa ainda que ajudar o próximo “fortalece o sistema imunológico e anula os efeitos maléficos do stress”.

O Diretor Médico do Hospital Adventista do Pênfigo, doutor Gerson Trevilato, reforçou a missão do Hospital Adventista do Pênfigo. “É importante porque o DNA do HAP é exatamente esse, de ajudar o próximo, de servir e salvar”, conclui. A próxima doação de sangue com os funcionários do hospital está agendada para o dia 30 de outubro.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox