Notícias Adventistas

Estudantes voluntários realizam projetos comunitários na Patagônia

Alunos e profissionais ligados ao Centro Universitário Adventista de São Paulo ofereceram atividades à população argentina, como Feiras de Saúde e atividades para as crianças.

12 de fevereiro de 2016
Grupo se destacava nas ações e nas ruas por causa do uniforme colorido.

Grupo se destacava nas ações e nas ruas por causa do uniforme colorido

São Paulo, SP… [ASN] Para um grupo de voluntários do projeto Change Your World (Mude o seu Mundo), o ano de 2016 começou muito antes do feriado de carnaval. Já na segunda semana de janeiro, 11 jovens e adultos de diferentes Estados partiram para uma jornada de 10 dias na região da Patagônia argentina para realizar ações comunitárias em pequenas cidades da localidade. Este foi o primeiro projeto do ano organizado pelo Centro de Voluntariado Berndt Wolter, do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus São Paulo.

Leia também:

A principal ação realizada pelo grupo foi a Feira de Saúde para adultos e a versão “kids”, com atividades lúdicas para mais de 200 crianças de escolas públicas em um programa de férias oferecido pela prefeitura local. Em dez dias, sete feiras itinerantes foram realizadas, oferecendo orientações básicas e importantes à população, com base nos chamados “oito remédios naturais”. Entre eles estão as atividades físicas, a alimentação saudável e a confiança em Deus, além do teste de glicemia, aferição de pressão, peso e altura para avaliar as condições básicas de saúde dos participantes. “Uma iniciativa linda e útil à comunidade. Comumente não vemos esse tipo de ação por aqui”, conta Ximena Romero, dona de casa que acompanhou as ações com as crianças.

O grupo era composto por profissionais de diversas áreas, como educação, financeira, mergulho e radiologia. O amor ao próximo foi o fator que os motivou a ajudar e compartilhar um pouco de conhecimento com outras pessoas. Para o tecnólogo William Figueiredo, essa é uma experiência única e que todas as pessoas deveriam tê-la pelo menos uma vez na vida. “É recompensador estar inserido em uma cultura diferente e fazer a diferença na vida das pessoas mesmo que em pouco tempo. Pessoas que necessitam de uma mão estendida, que necessitam da palavra de Deus”, assegura.

Com bicicleta também se faz missão

Ciclistas em missão na Argentina

Ciclistas voluntários percorreram diversas localidades em duas rodas

O grupo de voluntários do Unasp também encontrou uma maneira de fazer parte dessa missão: pedalar mais de 200 km pela região para entrar em contato com as pessoas que basicamente só observam os turistas e itinerantes passarem enquanto trabalham, como proprietários de negócios locais, seguranças e quem geralmente fica à beira das estradas. Além e chamar a atenção por onde passavam, os cinco ciclistas abordaram essas pessoas para demonstrar que eles também são importantes, entregando-lhes um livro sobre esperança e convidando-os a fazerem parte da feira de saúde durante as noites.

Autoridades e a população da região demonstraram gratidão pela iniciativa do grupo brasileiro, abrindo as portas pra que as ações acontecessem. “Tivemos total apoio da prefeitura de Villa La Angostura. Eles nos cederam o espaço para ficarmos e prepararmos as refeições do grupo, nos permitiram fazer parte do programa de férias organizado por eles para as crianças e querem que voltemos mais vezes”, relata o coordenador do Centro de Voluntariado, Marcos Eduardo G. de Lima, que também fez parte do grupo como um dos responsáveis pelo projeto. Os participantes também foram convidados para dar uma entrevista em uma rádio local e fornecer mais informações sobre a iniciativa.

Parte de um grupo de jovens adventistas que integram a Missão Calebe – projeto brasileiro adotado por outros países da América do Sul – também juntou-se aos voluntários para ajudá-los na tradução, logística e no preparo das refeições. Além de serem cidades simples compostas, em boa parte, por famílias de poucos recursos, “essa é uma região turística de difícil penetração e crescimento da Igreja Adventista”, explica Lima, o que torna o projeto uma forma de também abrir portas para a mensagem cristã e fortalecimento daqueles que já fizeram parte da Igreja Adventista. Os Calebes continuaram realizando ações por toda a Argentina durante o mês de janeiro. Neste ano, outros 10 projetos no Brasil e em outros países acontecerão em julho.

Profissionais e jovens universitários que desejam fazer parte desse movimento de transformação, que tem levado mudança ao mundo daqueles que participam e recebem ajuda, podem se inscrever. Não é preciso ser aluno ou servidor do Unasp para fazer parte deste movimento. Mais informações podem ser encontradas na página oficial do Centro de Voluntariado no Facebook no endereço www.facebook.com/voluntariosunasp. [Equipe ASN, Ana Paula Ramos]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox