Notícias Adventistas

Escola Missionária mobiliza todas as igrejas no sul do Rio de Janeiro

O programa consiste em uma capacitação mensal para líderes que acontece em todo o território da União Sudeste Brasileira.

Por Andréia Kals 8 de fevereiro de 2021

Programas foram promovidos nas igrejas locais  e impulsionaram a visão evangelística “Alcancemos Mais”. [Foto: Divulgação]

No último sábado (06), quase 4.500 líderes participaram da Escola Missionária promovida em todas as igrejas que compreendem o território da Associação Rio Sul.

Na oportunidade, foram trabalhadas as 5 bases para o desenvolvimento da igreja: estudo da lição, pequenos grupos e unidades de ação, instrutores bíblicos, interessados recebendo estudos, e fidelidade. Além disso, o programa também foi oportunidade para um treinamento de preparação para a Semana Santa, programa evangelístico que deverá mobilizar fortemente a igreja nos meses de março e abril.

“Confiamos plenamente no que Ellen White escreveu no livro Serviço Cristão, pág. 59, onde diz que muitos teriam boa vontade de trabalhar, se lhes ensinassem a começar. Então, é isso que estamos fazendo”, explica o pastor Jefferson Dantas, responsável pelo Ministério Pessoal, no sul do Rio de Janeiro. “É emocionante ver todos os administradores, departamentais, pastores distritais, capelães, anciãos e líderes locais, falando a mesma língua, levando a igreja na mesma direção, desejosos em fazer mais pela causa do mestre”, acrescenta.

Segundo o pastor Gustavo de Sá, presidente da Igreja Adventista na região, a expectativa é que as Escolas Missionárias resultem em uma grande mobilização. “A Escola Missionária foi um grande movimento na Associação Rio Sul, nós esperamos que com ela a igreja se mobilize cada vez mais nas ênfases missionárias para 2021, que envolve ter a lição da Escola Sabatina (que tem a ver com comunhão), se reunir em pequenos grupos e unidade de ação (que tem a ver com relacionamento), ter instrutores bíblicos, duplas missionárias e pessoas estudando a bíblia (que tem a ver com missão), e também, termos discípulos fiéis a Deus”, relata.

Considerando o envolvimento já visto neste começo de ano, as expectativas são positivas. “Eu fico imaginando o que será uma igreja 100% fiel a Deus em todas essas áreas. Uma igreja mobilizada e que se prepara para a volta de Jesus! Cremos que 2021 será uma grande bênção, e entendemos, que apesar dos grandes desafios que vivemos, Deus está no controle da igreja”, conclui o líder.

Galeria de imagens:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox