Notícias Adventistas

Conheça a área da igreja que cuida de 346 pastores na Bahia e em Sergipe

Por Heron Santana 17 de novembro de 2018

[Esta reportagem integra a série Tempo de Celebrar, antecedendo a abertura da II Assembleia Geral da União Leste Brasileira, sede da Igreja Adventista do Sétimo Dia para Bahia e Sergipe. A série apresenta os ministérios da Igreja, contribuindo para o seu crescimento, nos últimos seis anos, nesses dois estados nordestinos. Conheça agora a Associação Ministerial].

Entre 2013 e 2018, 276 pastores foram ordenados no território da Bahia e de Sergipe

O ministério pastoral é um patrimônio da Igreja. Nos Estados da Bahia e de Sergipe, os adventistas do sétimo dia contam com 305 pastores realizando os serviços eclesiásticos. São adoradores com família, esposa, filhos, com os desafios diários comum a todas as pessoas, e que são consagrados para ministrar a uma comunidade de fiéis superior a 210 mil pessoas. A Igreja Adventista tem uma área responsável para acompanhar e ajudar aos pastores no exercício de suas atividades. Esta área é conhecida como a Associação Ministerial.

O objetivo deste departamento é atender as famílias pastorais e também líderes voluntários da Igreja, como anciãos, diretores de grupos, diáconos e obreiros da organização adventista.

“Desde o estabelecimento da União Leste Brasileira (ULB), diversas ações ajudaram esse corpo de obreiros e voluntários na comunhão com Cristo, na liderança de suas respectivas congregações e no cumprimento da missão da Igreja”, disse o pastor André Dantas, líder da Associação Ministerial para Bahia e Sergipe. Segundo ele, esses passos são dados seguindo a orientação da Associação Ministerial para as áreas da comunhão, do relacionamento e da missão.

Curso livre de estudos teológicos

Mais de 1,5 mil voluntários participaram da formatura da primeira turma do curso livre Estudos em Religião.

Um dos principais serviços da Associação Ministerial no território baiano e sergipano foi a realização do curso livre “Estudos em Religião”, uma oportunidade de capacitação teológica para líderes da Igreja.  foram realizados encontros e treinamentos para fortalecer os anciãos na liderança da igreja e no aprofundamento do conhecimento da Palavra de Deus. O destaque foi o Curso Livre “Estudos em Religião”, que atendeu cerca de anciãos das igrejas baianas e sergipanas. Em outubro de 2016, mais de 1,5 mil líderes voluntários concluíram o curso participaram de uma cerimônia de entrega de certificados.

Ordenação

Para a ampliação das atividades ministeriais, os pastores, uma vez comprovadas as suas vocações ministeriais, são ordenados ao santo ministério. No território da Bahia e de Sergipe, houve a cerimônia de ordenação de 276 pastores ao ministério, entre 2013 e 2018.

Fonte: Associação Ministerial da União Leste Brasileira.

Associação de Pastores Jubilados

Em 2017 foi estabelecida a Associação dos Pastores Jubilados da ULB. Esta associação é importante porque esses líderes, uma vez jubilados, têm experiência ministerial e maturidade de vida para aconselhar novos pastores. Além disso, participam de ações pessoais em prol da salvação de pessoas. Por meio da associação, são realizadas atividades como concílios e retiros espirituais, envolvendo toda a família dos líderes ministeriais jubilados.

Uma das primeiras atividades da associação foi um encontro de saúde para pastores jubilados. Teve orientações médicas, teve sugestões para a saúde emocional e teve muita alegria no evento ocorrido em abril de 2017. Foi o primeiro encontro presencial realizado pela entidade que cuida dos pastores jubilados.

“Esse encontro serviu para comprovar que estamos aposentados, mas ainda podemos contribuir com o crescimento da Igreja”, disse o pastor Daniel Aragão, 67 anos. O pastor Jorimilson Mendes, 72 anos, falou: “Estamos jubilados agora, mas continuamos sendo pastor, e assim seremos até a eternidade”.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox