Notícias Adventistas

Começa projeto One Year in Mission em Florianópolis

Projeto irá durar três meses afim de preparar os 10 jovens para uma viagem mais longa no ano que vem

18 de setembro de 2017

O missionário Paulo Hasse (com roupa árabe) esteve no Egito por um ano e contou sua experiência no país do Oriente Médio para os jovens catarinenses

Florianópolis, SC… [ASN] Desde o dia 12 de setembro um grupo de 10 jovens adventistas estão no bairro Morro do Horácio, em Florianópolis, para ajudar a evangelizar a região. Eles fazem parte do projeto One Year in Mission (OYINM, em português Um Ano em Missão), e a intenção é que eles atuem nesta localidade para que no ano que vem eles participem de um projeto com duração de um ano.

“O impacto na vida desses jovens será tremendo. Eles sairão pessoas diferentes e com a real noção da missão da nossa vida, que é pregar o evangelho. Muitos percebem isso somente na idade adulta ou no fim da vida. Mas eles estão tendo esse privilégio de se entregarem completamente a Deus tão cedo”, comenta o líder jovem para a região centro sul de Santa Catarina, pastor Otacílio Porfírio.

Jovens já estão pregando a palavra de Deus no humilde bairro de Florianópolis

Os voluntários aceitaram o desafio durante a vigília Adoradores, que aconteceu em junho deste ano. Eles largaram suas atividades cotidianas para se dedicarem no auxílio desta igreja local. “Nós temos uma igreja no Morro do Horácio, mas a congregação é formada basicamente por idosos e imigrantes que não ficam fixos na cidade. Por isso esses jovens irão fazer a diferença”, comenta o pastor Cristiano Silva, pastor auxiliar na região central de Florianópolis.

“Os missionários estão super empolgados. Esse sábado fizemos muitas visitas pelo morro e cantamos na casa daqueles que já frequentaram a igreja”, explica o teologando Lucas Fridman, líder do grupo.

Atualmente a congregação se reúne na garagem de uma adventista, e  a inauguração de uma igreja container no bairro está prevista para o mês que vem – a primeira neste estilo em Santa Catarina. “São jovens que estão muito consagrados e com muito amor na obra de Deus. Eles têm percebido a carência de Deus nessa comunidade. Eu não só acho que eles irão ajudar a pregar o evangelho, como tenho certeza que já estão”, conclui Maria Helena Staroscky, adventista que cede sua garagem para os cultos. [Equipe ASN, Daniel Gonçalves]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox