Notícias Adventistas

Trabalho evangelístico feito em duplas transforma vidas em Rio Grande

Voluntários apoiam vida religiosa de pessoas que conheceram doutrinas bíblicas por meio da TV Novo Tempo.

Equipe de duplas missionárias participou de treinamento que trouxe orientações sobre como estreitar relação de telespectadores interessados pela Bíblia por meio da TV Novo Tempo com a igreja.

Rio Grande, RS… [ASN] Desde o dia em que teve contato com uma líder da Ação Missionária, Glades de Souza encontrou o que faltava em sua vida. O acolhimento oferecido por Eloa Abreu, da igreja adventista central de Rio Grande, no interior gaúcho, serviu como ponte entre a programação da TV Novo Tempo – que ele já assistia – e a igreja do município. Apesar de conhecer alguns princípios bíblicos desde a infância, sua sequência de vida esteve longe do caminho da fé, até que o canal da esperança despertou o desejo de se comprometer. Um dia, quando foi a um salão de beleza, o aparelho televisivo estava sintonizado programação da TV Novo Tempo, o que fez com que ela tivesse abertura para conversar sobre o assunto com a profissional que o atendia. Presente no mesmo ambiente, Eloa Abreu ouviu tudo. Sem perder tempo, resolveu entrar na conversa e ofereceu um estudo formal a Glades, que, sem reservas, aceitou.

“Ela [Eloa] é uma pessoa muito acolhedora. Se existe uma pessoa nova, ela já se mexe e vai visitar a pessoa e, no contato, acha um jeito de perguntar se ela quer um estudo bíblico. Isso é muito importante para quem está buscando algo”, destaca Glades.

Quem atua na Ação Missionária – ou Ministério Pessoal – da Igreja Adventista do Sétimo Dia como Eloa precisa estar atento a situações como essa. A preparação ocorre por meio de treinamentos formais, orientados pela liderança eclesiástica local. Um deles, ocorreu no dia 23, em Rio Grande. Na ocasião, um planejamento foi feito para que haja maior estreitamento nas relações entre 300 novas pessoas – que assim como Souza, já possuem conhecimento das doutrinas adventistas – e os fiéis das igrejas, que creem nos mesmos princípios ensinados na TV.

Para o pastor Alex Florenço, responsável por templos adventistas de Rio Grande, a realização do treinamento resulta em benefícios tanto para os fiéis, quanto para os interessados pela Palavra de Deus. “O trabalho junto aos telespectadores da TV Novo Tempo é urgente e eficaz e gera grandes resultados para o reino de Deus. Como Igreja, precisamos equipar cada vez mais nossos missionários locais para ir em busca destes alunos e, assim, também ajudar nossos irmãos a desenvolverem os dons espirituais”, reforça.

No encontro, 37 duplas que representaram todas as igrejas do distrito tomaram conhecimento dos nomes e da localização daqueles que estudam a Bíblia pelo canal na região. As duplas missionárias  – inspiradas em trechos da Bíblia onde o trabalho evangelístico era feito de dois em dois – vão seguir um cronograma de procedimentos que envolve envio de e-mails, telefonemas e visitações. Tudo deve acontecer até o mês de maio, quando ocorre um novo encontro com a presença de todos que foram alcançados pela iniciativa e das duplas que ofereceram apoio.

Apoio aos telespectadores

A voluntária Eloa Abreu dirige, no momento, o departamento de Escola Sabatina na Igreja Adventista Central de Rio Grande e esteve no encontro. Ela ressalta que o trabalho já realizado pelas duplas com telespectadores da TV Novo Tempo não funciona apenas como uma preparação dos interessados, mas também como motivação extrema aos voluntários. “Nós temos uma sala especial na igreja e toda visita que chega por meio da Novo Tempo é encaminhada para lá. Desde o final de 2014 até 2015, 18 alunos da classe que eu dirijo foram batizados. É maravilhoso ver que essas pessoas vêm até aqui praticamente prontas. Só precisam repassar uma ou outra coisa. Já conhecem doutrinas, como por exemplo, a do sábado, do dizimo, então, também ajuda na hora de dar o estudo”, relata Eloa.

Os trabalhos das duplas missionárias ainda resultam em outros desdobramentos. Ao terem as arestas do conhecimento bíblico aparadas, os interessados migram para outro nível e passam a compreender como funciona o processo de discipulado por meio de lições específicas sobre o tema. Só depois deste processo de maturação começam a estudar o mesmo guia de estudos da Escola Sabatina utilizado pelo restante da igreja.

12821639_1031450596926210_5253015875604297209_n

Semanalmente, adventistas e telespectadores da TV Novo Tempo se reúnem para estudo da Bíblia e fortalecimento dos relacionamentos.

 Crescendo como família

Em meio a tudo isso, os telespectadores da TV Novo Tempo de Rio Grande vão se tornando, além de líderes formais, uma grande família. Para Eloa, todo o tempo e energia dedicados a esta função compensam os significativos resultados. “Hoje, nós continuamos com a mesma turma agora em um Pequeno Grupo. Também fazemos encontros sociais e continuamos visitando as casas deles. Toda semana nos deslocamos por cerca de 10 km para estar com eles, ouvir o que eles têm a dizer sobre a vida e até sobre os problemas. Nós crescemos muito. É tudo muito gostoso e vale muito a pena”, reforça.

Além de Glades de Souza, o marido dela, Luiz Gustavo de Souza, acabou sendo alcançado e hoje, o casal atua na liderança da área de Família na igreja de Rio Grande. “Se fosse para voltar para a igreja, queria que o meu marido estivesse comigo, pois é difícil quando cada um está de um lado. Minha oração por isso já durava 30 anos, mas, finalmente, ele aceitou ir à igreja comigo. No começo, ele foi sem muito interesse, sem querer participar de nada, mas aos poucos, acabou cedendo para fazer o estudo com a Eloá junto comigo”, relembra Glades.

O batismo de ambos aconteceu em uma caravana da TV Novo Tempo ocorrida na cidade de Esteio, momento em que se encontravam mais maduros para tomar a tão esperada decisão. Hoje, moradores de Rio Grande, eles seguem a frente do departamento que apoia as famílias da igreja e também abrem suas portas para que as reuniões de Pequenos Grupos ocorram em sua casa – tudo gerado por meio do foco evangelístico das duplas missionárias. “Sempre tive vontade de ter um grupo de estudos assim em casa porque a gente pode chamar os amigos, vizinhos, parentes… Tudo fica mais aconchegante. A gente se conhece melhor e se torna uma família”, ressalta Glades.

Os líderes atuais das áreas de Mordomia Cristã, Ação Solidária Adventista e diaconato da igreja de Rio Grande estão distribuídos entre pessoas alcançadas pelo trabalho direto das duplas, o que favorece o desenvolvimento dos dons e integração na tarefa de alcançar pessoas. Para Eloa, todo esse panorama aponta para um encontro ainda maior e mais relevante do que aquele programado pela igreja. “O dia em que Jesus nos encontrar e colocar uma coroa em nós, cheia de estrelas e com a presença de todas essas pessoas, será ainda mais maravilhoso e recompensador”, conclui. [Equipe ASN, Willian Vieira]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox