Notícias Adventistas

Ministério Jovem

AcampJovem no ES reúne mais de 800 pessoas durante 5 dias

O evento que reuniu jovens e adultos teve como temática a guerra espiritual que vivemos


  • Compartilhar:

Foram, literalmente, anos de espera. Exatamente 1489 dias desde o último AcampJovem que terminou no dia 14 de outubro de 2018, há 4 anos e 28 dias. Mas depois de tanta expectativa, no feriadão da Proclamação da República deste ano, mais de 800 jovens participaram do AcampJovem 2022 da Associação Sul Espírito-Santense (ASES).

Adventista desde criança, Arthur de Aguiar tinha 16 anos quando aconteceu o último AcampJovem, na época participava do clube de desbravadores (agremiação destinada a adolescentes) e não havia participado ainda de um evento da igreja para jovens. Quando chegou sua vez, algo o impediu. A pandemia da COVID-19 adiou o sonho de participar do acampamento de jovens previsto para o ano seguinte.

Hoje aos 19 anos, participou pela primeira vez e sente a diferença na dinâmica da programação em relação a outros encontros da sua comunidade de fé.

"Acho que foi o evento que eu fui que mais teve uma diversidade de atividades, fora os pastores que vieram, todas as palavras faladas lá na frente tiveram um impacto muito forte no meu coração, mas especialmente a pregação sobre o perdão, aquilo falou muito comigo", destaca.

Vários jovens se emocionaram durante os cinco dias de AcampJovem (Foto: Filipe Adrian)

"O AcampJovem é um evento pensado para o público jovem. Os participantes dormem em barracas, participam de momentos de louvor e de pregações com convidados especiais, além dos jogos realizados em equipes. Neste ano, o tema foi WAR, porque nós vivemos uma guerra espiritual, principalmente os jovens. Então entendemos que é importante conversar sobre isso e alertar que não estamos nessa vida a passeio, nós temos um destino'', comenta o líder de jovens da região sul do Espírito Santo e organizador do evento, Pr. Rafael Stehling.

Responsável pelo evento e Líder de Jovens para a região centro-sul do ES, Pr. Rafael Stehling. (Foto: Filipe Adrian)

Entre todas as atividades que o Acamp proporcionou, o fortalecimento das relações de amizade e a possibilidade de fazer novos amigos foi uma das partes que mais marcaram os participantes.

"As resenhas da madrugada são as melhores, a gente junta um monte de amigo, gente que eu nunca vi na vida, pra jogar uno, mímica… E chega em determinado momento que a gente começa a falar da gente, e as pessoas começam a se abrir e aí a gente faz novas amizades", conta Miguel Lopes de 24 anos.

No domingo os jovens se divertiram na guerra das cores e em provas disputadas em equipe. (Foto: Filipe Adrian)

Regiane Marques é de família adventista, mas com o passar dos anos acabou se afastando dos cultos e atividades evangélicas. Apesar disso, ela nunca se afastou dos amigos do clube: "A gente sai da igreja, mas a igreja nunca sai da gente. A galera do meu clube fez muita questão que eu estivesse aqui, aí eu acabei vindo, até porque AcampJovem é muito bom, mesmo você sendo da igreja ou não", relata a tatuadora de 20 anos.

Sobre a programação, a jovem afirma que se surpreendeu com o que encontrou: "Como eu estava a muito tempo sem participar desses eventos, eu esperava encontrar aquilo que eu vivia antigamente e superou minhas expectativas, foi melhor do que eu imaginei que seria", enfatiza.

Esta edição do AcampJovem contou com a participação do Pr. Herbert Cleber, pastor na Faculdade Adventista da Amazônia (FAAMA), Pr. Rafael Santos, da União Nordeste, Pr. Raimundo Venefrides, Líder de Jovens na região Sudeste e com o Pr. Nelson Jr juntamente com sua esposa Angela Neto, idealizadores do projeto "Eu Escolhi Esperar".

Pr. Nelson Jr e Angela Neto em bate-papo sobre sexualidade. (Foto: Filipe Adrian)

Na parte do louvor, o Ministério Vitória e Louvor foi o responsável pelo o louvor congregacional. A parte musical ainda contou com a presença dos cantores Sérgio Saas, Wesley Fonseca e Marcos Rocha.

No último dia do Acamp, 8 jovens se decidiram pelo batismo.