Notícias Adventistas

Ministério da Mulher

A oração que transforma

Auxiliar de pedreiro aceitou o convite de um adolescente para participar dos 10 dias de oração e teve a vida transformada por Cristo.


  • Compartilhar:

Francisco José de Almeida, 51 anos, dormia no banheiro de uma padaria em frente ao bar que costumava beber, no bairro Monte das Oliveiras zona Norte de Manaus, todos os dias o adolescente de 15 anos, Felipe Vasconcelos, o via naquela situação, mas nunca teve coragem de convidá-lo para ir à igreja. Com a proximidade do Projeto “10 dias de oração”, Felipe pediu a Deus em oração que enviasse alguém para que participasse com ele da programação especial que teria na igreja.

Um aperto de mão que mudou a vida de Francisco Almeida

Uma semana depois, ao sair de casa se deparou com a mesma cena de Francisco no bar. “Naquele momento apenas pedi a Deus coragem para apresentar Jesus para aquele homem, e ele aceitou, ao mesmo tempo que queria gritar de alegria porque minha oração estava sendo atendida, fiquei nervoso em ter que praticamente carregar ele”, conta o adolescente.

Durante a toda a programação a igreja abraçou o novo irmão, inclusive  Valéria Vasconcelos, 37, mãe do adolescente. “Todas as noites após o culto, deixávamos ele ali na porta do banheiro da padaria, onde ele dormia de favor, aquilo partia meu coração”, lembra Valéria.

Valéria continua estudando a Bíblia com Francisco

O homem havia sido expulso da casa da única filha, por conta do excesso do consumo de álcool e passou a dormir na rua, até que o dono padaria permitiu que ele dormisse no banheiro. “Eu bebia todos os dias, chorava, pensava na minha filha e meus netos, mas sabia que daquele jeito jamais voltaria ter eles perto de mim. No dia que Felipe me chamou para ir a igreja, eu apenas fui, sem pensar muito, queria sair daquele inferno”, conta Francisco.

Quase no final do programa, a família convidou o homem para jantar em sua casa.  

“Naquela noite eu estava decidido a acabar com a minha vida, mas Deus teve misericórdia de mim e usou a dona Valéria. Ainda resisti, mas ela insistiu muito e pensei: Como posso trocar um prato de comida por cachaça? Estou com fome e então aceitei”, relata Almeida.

Deus já havia preparado tudo para surpreender Francisco e transformar sua vida naquela noite. A família ofereceu antes do jantar, um banho e roupas limpas, coisas que há meses ele não tinha.

Um jantar que mudou a vida do homem que já tinha esperança de viver

Durante o jantar decidiram que ele não iria mais voltar para dormir no banheiro. Então o convidaram para dormir na casa da família naquela noite, com vergonha, mas feliz da vida Francisco aceitou e ali permaneceu por três meses.

Ele continuou estudando a Bíblia com a família. E no dia 09 de abril, Francisco desceu as águas batismais, e colhe os frutos da escolha que fez, voltou a morar com a filha e os netos e hoje ora para que eles também tenham um encontro com Cristo.

A luta de Francisco ainda é grande, mas sempre que sente vontade de beber, ele lembra do conselho da família que tanto o ajudou. “Sempre disse pra ele se sentir vontade de beber, ajoelha e ora, que vai passar”, conta a mãe do adolescente. Que várias vezes teve medo de estar com um estranho em casa, mas que apenas confiou e cumpriu o que Jesus nos ensina em Mateus 35: 35, 36 “Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram;  necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram”.

O sorridente diácono retribui o carinho e acolhimento que recebeu dos irmãos

Hoje Francisco é um homem transformado, serve na Igreja como diácono, abre e fecha o templo, limpa e mantém tudo organizado para as celebrações. Sempre recebe os irmãos na porta com um sorriso de gratidão e a esperança que em breve estará no céu com Jesus.

Quer estudar a Bíblia também? É só clicar aqui https://cursos.novotempo.com/